Aiatolá Khomeini

ONU condena atentados terroristas que podem ter matado 12 no Irã BR

Secretário-geral espera que os responsáveis pelo ataque sejam levados rapidamente à justiça; Conselho de Segurança fez um minuto de silêncio.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou os atentados terroristas ocorridos esta quarta-feira em Teerã, capital do Irã.

Os ataques ao mausoléu do Aiatolá Khomeini e ao prédio do Parlamento iraniano deixaram pelo menos 12 mortos, segundo as agências de notícias.