Ahmad Al Faqi Al Mahdi

TPI determina indemnização de € 2,7 milhões por destruição em Timbuktu

Rebelde condenado por danos ao Património Histórico Mundial, Ahmad Al Faqi Al Mahdi é acusado de cometer crimes de guerra que incluíram destruição de edifícios religiosos e históricos; pagamento deve cobrir perdas económicas e danos morais às vítimas da cidade maliana.

Áudio -

TPI determina indemnização de € 2,7 milhões por destruição em Timbuktu

Pela primeira vez, acusado de destruir Patrimônio Mundial é julgado
BR

Ahmad Al Faqi Al Mahdi declarou ser culpado pelo crime de guerra relacionado à destruição dos monumentos históricos e religiosos de Timbuktu, no Mali; secretário-geral da ONU destaca tendência durante conflitos armados.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Pela primeira vez, acusado de destruir Patrimônio Mundial é julgado
BR