África

Unicef quer US$ 1 bilhão para socorrer mais de 10 milhões de crianças em 2021
BR

Em comunicado, agência da ONU informou que 10,4 milhões de crianças estão em risco em países e regiões como República Democrática do Congo, nordeste da Nigéria, região central do Sahel, Sudão do Sul e Iêmen, todos atravessam crises humanitárias.

OMS pede maior vigilância em África para novas variantes da Covid-19 
BR

Novas variantes do Covid-19 foram detectadas na África do Sul e na Nigéria e parecem ser transmitidas mais facilmente; número de casos sobe no continente quase alcançando o pico de infecções notificadas em julho. 

Entrevista com a Conselheira especial do secretário-geral da ONU para a África

Cristina Duarte falou à ONU News sobre desafios e oportunidades para o próximo ano; segundo ela, os africanos têm a chance de reconstruir melhor após a pandemia; ex-ministra de Cabo Verde ressaltou ainda a importância de um grande esforço coletivo para combater fluxos ilícitos em África, que atingem pelo menos US$ bilhões. Leia a íntegra da primeira parte da entrevista.

África precisa mais do que soluções de curto prazo para se recuperar da Covid-19
BR

Conselheira especial do secretário-geral da ONU para o continente, Cristina Duarte falou à ONU News sobre desafios e oportunidades para o próximo ano; segundo ela, os africanos têm a chance de reconstruir melhor após a pandemia; ex-ministra de Cabo Verde ressaltou ainda a importância de um grande esforço coletivo para combater fluxos ilícitos em África, que atingem pelo menos US$ bilhões. Leia a íntegra da primeira parte da entrevista da subsecretária-geral à ONU News.

Violência em Cabo Delgado, Moçambique, já afetou 250 mil crianças 
BR

Crianças da área de Moçambique viveram atos de violência extrema, incluindo morte de parentes próximos e sequestros brutais; um quinto delas sofre desnutrição aguda; casos mais graves têm sido detectados entre população deslocada. 

FAO precisa de US$ 40 milhões para acelerar ações contra gafanhoto do deserto   
BR

Meta é evitar risco de nuvens de insetos na África Oriental e no Iêmen em 2021; infestação pode afetar mais 3,5 milhões de pessoas se nada for feito; especialistas identificam focos de gafanhotos ameaçando novos ataques.