África

ONU apresenta propostas para acabar com pirataria (Português África)

Relatório de Secretário-Geral ao Conselho de Segurança contém sete propostas, uma delas prevê a criação de tribunais para julgar os piratas; mais de 130 incidentes foram registados desde Janeiro na Somália, e há 450 pessoas e 17 navios reféns à espera de resgate.

Organismo da ONU ensina a prevenir calamidades em África

Alunos de vários países estão no Quénia a aprender técnicas de redução dos riscos de desastres; objectivo é levarem esses ensinamentos para as comunidades de origem.

ONU condena atentado em hotel de Mogadíscio

Pelo menos 30 pessoas morreram no ataque desta terça feira na capital da Somália; Conselho de Segurança e representante do Secretário-Geral repudiam acção e pedem que autores sejam levados à justiça.

ONU condena atentado que matou 30 na Somália
BR

Em nota, Conselho de Segurança repudia, veemente, ação contra hotel na capital do país; membros do Parlamento estão entre as vítimas.

PAM tenta socorrer 600 mil na República Centro-Africana

Centenas de milhares de pessoas da República Centro-Africana estão em risco de fome se a agência da ONU não receber fundos para comprar alimentos.

Missão confirma relatos de violações na RD Congo

Mais de 150 mulheres terão sido violentadas num único dia durante um ataque rebelde a uma aldeia no Kivu Norte.

Conselho de Segurança analisará propostas contra pirataria

Trata-se de combater um crime que cresceu mais do dobro nos últimos dois anos; as iniciativas visam piratas em todo o mundo, mas sobretudo na costa da Somália.

Unesco assinala dia em Memória do Tráfico de Escravos

A data existe desde 1998 e pretende ser um dia de reflexão sobre as muitas consequências da transferência de milhões de seres humanos de África durante séculos.

Embaixadora do Unfpa nota melhorias saúde maternal da Guiné-Bissau

A apresentadora de televisão Catarina Furtado esteve na Guiné-Bissau e viu como os investimentos na saúde materna, feitos há um ano, já estão a dar frutos com redução de mães que morrem no parto.

Entrevista: Catarina Furtado

Embaixadora do Unfpa diz que Guiné Bissau resiste à mortalidade infantil e das mães.