África

Ban condena ataque na RD Congo que matou três capacetes azuis (Português África)

Os três militares da Monusco morreram num ataque que fez mais seis feridos, três em estado grave: ONU pede investigação ao atentado.

Três boinas-azuis da ONU são assassinados na RD Congo
BR

Homens armados com machetes, lanças e facas atacaram soldados durante a madrugada; missão no país do centro-sul da África é a segunda maior operação de paz das Nações Unidas.

Situação na Somália começa a afetar vizinhos, diz enviado
BR

Representante especial de Ban Ki-moon, Augustine Mahiga, diz que ataques recentes em Campala, capital do Uganda, teriam ‘ramificações regionais e internacionais’ do conflito somali.

Conflito na Somália tem impacto além das fronteiras, diz representante da ONU

O atentado duplo em Kampala, há um mês, lança a suspeita de que a instabilidade em território somali já tenha saltado fronteiras e atingido países vizinhos.

Acnur cria condições para refugiados eritreus deixarem campos na Etiópia (Português África)

Em resultado de contactos entre a agência da ONU e o governo etíope, os refugiados do país vizinho podem abandonar os campos de acolhimento se tiverem meios de subsistência.

ONU elogia realização de referendo em Zanzibar

Organização considera a consulta à população da ilha prova de que quer futuro melhor e em paz.

FAO anuncia 250 mil assinaturas contra fome (Português África)

Abaixo-assinado, na internet, pretende alcançar 1 mil milhão de nomes para pedir aos governos que façam do tema a sua maior prioridade.

Militares da Unamid morrem em acidente

Quatro elementos da missão conjunta de manutenção de paz no Darfur morreram, dois estão feridos; Ban Ki-moon já prestou condolências.

Unido ensina para reconstrução da Côte d’Ivoire

A agência da ONU vai começar um projecto de formação em que milhares de jovens terão oportunidade de aprender uma profissão e contribuir para a reconstrução do país saído de cinco anos de guerra civil.

PAM dá merendas a seis milhões de alunos em Moçambique

Projecto pretende que as crianças pobres completem até ao sétimo ano de escolaridade e não desistam dos estudos para procurar alimentos fora da escola.