Africa Subsaariana

Pequenos peixes com “grande papel” em zonas áridas de África

Avaliação está em novo relatório da FAO; segundo documento, peixes pequenos e de rápido crescimento podem ser “aliados cruciais” no combate à nestas regiões em África Subsaariana.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

África Subsaariana tem maior défice de fundos para apoiar refugiados

África Subsaariana tem maior défice de fundos para apoiar refugiados

Acnur lança campanha global “Ninguém Fica de Fora” para recolher US$ 500 milhões para apoiar o grupo; meta da iniciativa é abrigar 2 milhões de pessoas em todo o mundo até 2018.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

África Subsaariana vai passar pelo segundo ano difícil, aponta FMI

África Subsaariana vai passar pelo segundo ano difícil, aponta FMI

Crescimento económico é o mais fraco dos últimos 15 anos; preço das matérias-primas estão fracos, além dos efeitos da seca; órgão destaca necessidade urgente de se redefinir políticas para segurar o crescimento.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

Áudio -

África: baixo preço de matérias-primas continua a impedir crescimento

África: baixo preço de matérias-primas continua a impedir crescimento

Análise é do Banco Mundial; previsão de avanço para 2016 permanece em 3,3%, abaixo do crescimento de 6,8% do PIB que a região manteve no período de 2003 a 2008.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Plano do Banco Mundial descreve ações para aumentar resiliência climática

Plano do Banco Mundial descreve ações para aumentar resiliência climática

Iniciativa tem enfoque na África e busca acelerar a mobilização de recursos para impulsionar a habilidade do continente para adaptar-se às alterações climáticas; segundo o órgão, fenómeno tem grande impacto na agenda de desenvolvimento da África Subsaariana.

Áudio -

Estudo sobre casamento infantil menciona Guiné-Bissau e Moçambique

Uniões envolvendo adolescentes guineenses destacam-se em matrimónios de homens com mais de uma mulher; moçambicanas com até 24 anos que passaram pelo tipo de união são mais propensas a ter mais de três filhos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -