África Ocidental

Conflito no Mali matou mais de 150 crianças em seis meses
BR

Recrutamento e a utilização de crianças em grupos armados subiu para o dobro em relação ao primeiro semestre de 2018;  Unicef precisa de US$ 4 milhões para dar resposta às necessidades de proteção infantil de crianças e mulheres.

Instabilidade no Sahel gerou cinco vezes mais deslocados no último ano
BR

Situação no Mali, no Níger e em Burquina Faso pode se espalhar para toda a África Ocidental; representantes das Nações Unidas falam de indícios de uso de dispositivos explosivos similares aos do conflito na Síria.

Países da África Ocidental podem usar comércio para empoderar mulheres

Liberalização de taxas comerciais na região aumentou oportunidades para mulheres, segundo novo estudo; são precisos investimentos em educação e melhor acesso ao crédito.

Conselho de Segurança: terrorismo é desafio para África Ocidental

Piora na situação humanitária também foi citada; órgão também reiterou sua preocupação com situação na Guiné-Bissau.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Conselho de Segurança: terrorismo é desafio para África Ocidental

Segurança na África Ocidental e Sahel ainda preocupa, diz enviado da ONU

Representante especial do secretário-geral afirmou ao Conselho de Segurança que terrorismo e extremismo violento exacerbaram ameaças tradicionais.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Segurança na África Ocidental e Sahel ainda preocupa, diz enviado da ONU

Projeto da OIM patrocinado por UE ajuda a levar migrantes de volta a casa

Agência iniciou 20 programas comunitários para receber mais de 3 mil pessoas que retornam a países de origem, entre eles Guiné-Bissau; financiamento tem apoio do Fundo de Emergência da União Europeia para África.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Projeto da OIM patrocinado por UE ajuda a levar migrantes de volta a casa

ONU elogia modelo da África Ocidental para prevenção de crises

Chefe dos Assuntos Políticos destaca papel de líderes regionais nas situações do Burquina Faso e da Gâmbia; organização reafirma que pode contribuir com melhores práticas, objetividade e imparcialidade para evitar tensões.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -