África na ONU

A epidemia do Sida

As Nações Unidas vêm alertando a comunidade internacional para o agravamento da epidemia do Sida, a nível mundial, com incidência preocupante na África Sub-saariana, onde atinge 24,7 milhões de casos.

Música para Paz

A Organização das Nações Unidas anunciou que a música africana vai passar a ser escutada nos países do continente onde operam os capacetes azuis da ONU.

ONU e o Direito Internacional

O jurista Pedro Comissário (foto), embaixador da República de Moçambique na Suécia, é um dos oito elementos eleitos na Assembleia Geral da ONU para a Comissão do Direito Internacional, CDI, das Nações Unidas.

Propostas da OMS para África

A Organização Mundial da Saúde, OMS, divulgou na Conferência Internacional sobre Saúde Comunitária, realizada em Addis Abeba, o primeiro relatório regional sobre os problemas de saúde pública em África.

As mãos limpas e os cuidados de saúde

A Organização Mundial da Saúde, OMS, promoveu, em Genebra, a uma Conferência para alertar sobre os riscos de transmissão de infecções durante tratamento de saúde.

Turistas reencontram a África

A Organização Mundial do Turismo considera que a procura de países africanos vem surpreendendo a indústria turística, com um inesperado 10,6% de crescimento de Janeiro a Agosto de 2006.

Cabo Verde no Ecosoc

A Assembleia Geral da ONU promoveu a eleição de 18 novos membros do Conselho Económico e Social (Ecosoc) para o período de 2007 a 2009. Sobre a eleição, a Rádio ONU conversou com Fátima Veiga (foto), embaixadora de Cabo Verde junto das Nações Unidas.

Vítima Ambiente

Segundo as Nações Unidas, o Meio Ambiente tem sido uma das vítimas mais esquecidas dos conflitos armados.

Ser Mulher no Burundi

A Resolução 1325 do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre Mulheres, Paz e Segurança foi recordada em Outubro, e a ONU aproveitou para constatar que infelizmente as diretrizes continuam a ser ignoradas em muitos países.

A Juventude e o Desenvolvimento

Os participantes da Cimeira Mundial dos Jovens Líderes se comprometeram, no fim do encontro de Nova Iorque, a perseguir os objectivos do desenvolvimento do milénio, incluindo a eliminação da pobreza e da fome nos seus países.