Em Dia Mundial, Guterres diz que humanitários representam o melhor da humanidade
BR

19 agosto 2022

Secretário-geral gravou vídeo sobre o trabalho de centenas de milhares de mulheres e homens pelo mundo; data de 19 de agosto foi criada para homenagear também àqueles que dão a sua vida para servir; 19 de agosto de 2003 foi o dia em que a sede da ONU no Iraque sofreu um atentado terrorista que matou 22 pessoas entre elas o brasileiro Sergio Vieira de Mello.
 

O trabalho humanitário é uma tarefa de todos para apoiar a todos. Foi assim que o secretário-geral da ONU, António Guterres, definiu a atuação de mulheres e homens que trabalham para aliviar crises humanitárias em todo o mundo.

Ele gravou uma mensagem de vídeo para marcar o Dia Mundial Humanitário neste 19 de agosto.

Vizinhos que ajudam vizinhos

O chefe da ONU lembrou do ditado em inglês de que é preciso “uma aldeia inteira para criar uma criança.” E para ele, é necessário também uma aldeia para apoiar as pessoas que estão atravessando uma crise humanitária.

Centenas de milhares de homens e mulheres trabalham como humanitários ou servem como voluntários
Ocha/Matteo Minasi
Centenas de milhares de homens e mulheres trabalham como humanitários ou servem como voluntários

 

Guterres citou desastres naturais e como os vizinhos apoiam vizinhos durante a recuperação e reconstrução.

Ao mencionar a ação de centenas de milhares de homens e mulheres que trabalham como humanitários ou servem como voluntários, o secretário-geral listou algumas dessas tarefas. 

Como entregar cuidados de saúde e educação, alimentos e água, abrigo e proteção, ajuda e esperança.

Longe dos holofotes e das manchetes

António Guterres ressaltou que os trabalhadores humanitários atuam na maior parte do tempo, muito longe dos holofotes e das manchetes, e que trabalham dia e noite para fazer do mundo um lugar melhor.

Segundo a ONU, o número de pessoas que precisam de assistência humanitária nunca foi tão alto quanto hoje. Por causa dos conflitos, das mudanças climáticas, da Covid-19, da pobreza, da fome e de níveis sem precedentes de deslocamentos.

Guterres ressaltou que os trabalhadores humanitários atuam na maior parte do tempo onge dos holofotes e das manchetes
PMA/Mohammed Awadh
Guterres ressaltou que os trabalhadores humanitários atuam na maior parte do tempo onge dos holofotes e das manchetes

O secretário-geral falou ainda da dedicação e coragem dos trabalhadores humanitários, e prestou tributo àqueles que perderam suas vidas em serviço desta nobre causa. Para Guterres, eles representam o melhor da humanidade.

A Assembleia Geral escolheu 19 de agosto como o Dia Mundial Humanitário por ser a data em que a ONU perdeu 22 colegas no ataque terrorista à sua sede em Bagdá, em 2003.

No atentado, morreu o chefe da Missão da ONU no Iraque, o brasileiro Sergio Vieira de Mello.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud