Verão 2022: ONU lança aplicativo para ajudar na proteção dos raios solares
BR

21 junho 2022

OMS, OMM, Pnuma e OIT são as agências envolvidas no projeto inovador; SunSmart Global UV fornece previsão do tempo e índices de raios ultra-violetas por cinco dias em várias localizações e informa quais são os períodos do dia nos quais a proteção solar é realmente necessária.

Em um esforço para reduzir os índices globais de câncer de pele e de danos à visão relacionados à exposição a raios ultravioletas, várias agências das Nações Unidas estão lançando um aplicativo inovador nesta terça-feira.

A SunSmart Global UV está disponível gratuitamente nas lojas Apple App e Google Play, funcionando em todos os smartphones. A iniciativa é da Organização Mundial da Saúde, OMS, da Organização Meteorológica Mundial, OMM, do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, e da Organização Internacional do Trabalho, OIT.

ONU incentiva todas as pessoas a baixarem o aplicativo.
Foto: Unsplash
ONU incentiva todas as pessoas a baixarem o aplicativo.

De fraco à extremo

O lançamento acontece no primeiro dia do Verão 2022 no Hemisfério Norte. O aplicativo fornece previsão do tempo para cinco dias e também todas informações sobre quais os níveis dos raios ultravioleta de acordo com a localização do usuário. A ferramenta se baseia no Índice UV, que descreve o nível de radiação solar na face da Terra e vai da escola 1 (“fraco”), até a escala 11 ou maior (“extremo”).

Além disso, o aplicativo mostra quais são os períodos do dia em que é mesmo necessário aplicar o filtro solar, medida importante para a redução do risco de câncer de pele. Câncer de pele pode ser fatal Os usuários também podem escolher opções personalizadas de ações que garantem proteção à exposição excessiva e prolongada.

O aplicativo permite ainda incluir dados nacionais e locais e está disponível em chinês, espanhol, francês, holandês, inglês e russo. A diretora do Departamento de Meio Ambiente da OMS, Maria Neira, declarou que “as evidências mostram que a superexposição aos raios UV é a principal causa de câncer de pele. Por isso, é vital para as pessoas saberem exatamente quando se protegerem”.

A representante afirma que as agências da ONU estão aconselhando todos a baixarem o aplicativo e tornar o seu uso um hábito diário. Mais de 1,5 milhão de casos de pele de câncer foram diagnosticados no mundo em 2020, sendo que 120 mil pacientes morreram. Apesar de todas as pessoas precisarem de um pouco de sol para ajudar na produção de vitamina D, a exposição prolongada e sem nenhum tipo de filtro solar é muito perigosa e até fatal.

O novo aplicativo apoia o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 3, que busca promover vidas saudáveis e o bem-estar de todos até 2030.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud