Redução e prevenção de riscos de desastres é fundamental para retomada pós-pandemia
BR

25 maio 2022

Presidente da Assembleia Geral da ONU, Abdulla Shahid, está em Bali, na Indonésia, para a Plataforma Global para Redução de Risco de Desastres; evento reúne líderes globais para debater questões de mitigação e prevenção bem como a construção de sociedades mais resilientes; vice-chefe da ONU, Amina Mohammed, comparece à reunião.

O presidente da Assembleia Geral da ONU está em Bali, na Indonésia, para a Plataforma Global para Redução de Risco de Desastres.

Na abertura do evento, Abdulla Shahid falou aos participantes sobre a necessidade da prevenção e redução de riscos para salvar vidas, tanto crises de saúde como em deslizamentos de terra, e garantir um futuro sustentável para todos.

Aumento das vulnerabilidades

Ele notou que com a pandemia de Covid-19 e a mudança climática, foi possível observar que as pessoas mais vulneráveis são as que mais sofrem os impactos. Por isso, ele afirma que uma reconstrução com foco em sociedades mais resilientes é fundamental na retomada.

A vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed, também participa do evento.

Segundo o presidente da Assembleia Geral, todas as iniciativas devem ser pensadas e implementadas para reduzir ricos, reforçando que os desastres climáticos devem aumentar e que os resultados da guerra na Ucrânia devem acelerar a insegurança alimentar no mundo.

Shahid acredita que é necessário trabalhar para resolver as vulnerabilidades existentes e, ao mesmo tempo, nos preparar para os choques que ainda podem surgir. Por isso, ele recomenda que sejam feitos investimentos em uma “recuperação transformadora que corrija lacunas na política econômica, no apoio social, na regulamentação ambiental e na produção e consumo”.

Redução de Riscos de Desastres

Segundo o líder da Assembleia Geral, o evento é um momento para os governos, o sistema ONU e as partes interessadas reflitam sobre as melhores práticas na governança de risco de desastres e renovem o compromisso de consagrar a redução do risco de desastres em todas as áreas.

Em sua mensagem, Shahid reforçou que a crise sanitária causada pelo coronavírus mostrou que a redução do risco de desastres é de interesse de todos e afirmou que é necessário promover uma cultura de redução de risco e construção de resiliência.

Para ele, isso passa por incluir jovens acadêmicos, cientistas e profissionais que trabalham com risco de desastres redução, bem como a adoção de legislação e a criação de incentivos para o setor privado para garantir que suas operações de negócios reduzam em vez de criar riscos.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud