Guterres aceita renúncia da líder do Escritório de Projetos da ONU
BR

9 maio 2022

Grete Faremo, ex-ministra da Defesa da Noruega, entregou o posto após a conclusão de uma investigação que apurava alegações de irregularidades na administração do Unops, o Escritório para Projetos Especiais das Nações Unidas; Jens Wandel, da Dinamarca, será o novo líder interino.

O secretário-geral da ONU emitiu uma nota a jornalistas informando ter aceitado a renúncia da diretora-executiva do Escritório da ONU para Projetos Especiais, Unops.
 
Grete Faremo, que estava no posto desde 2014 com o status de subsecretária-geral deixou a posição neste 8 de maio.

Recrutamento
 

Em nota, Guterres agradeceu a ela o compromisso dedicado à organização, e informou a nomeação de Jens Wandel, da Dinamarca, como diretor-executivo interino do Unops.

A ex-diretora executiva do Unops (direita), Grete Faremo, em visita ao  bairro argentino de La Carcova
Unops/María Eugenia
A ex-diretora executiva do Unops (direita), Grete Faremo, em visita ao bairro argentino de La Carcova

 
O chefe da ONU disse que iniciará um processo de recrutamento, em parceria com o Conselho Diretor do Unops, para encontrar um sucessor ou sucessora de Grete Faremo.

Segundo agências de notícias, fundos alocados para projetos de desenvolvimento do Unops não teriam sido atribuídos da forma devida dando início à investigação sobre irregularidades.

Em dezembro, o Unops suspendeu um funcionário do programa de investimentos sustentáveis, infraestrutura e inovação.

Nesta segunda-feira, num comunicado, o Unops reiterou o compromisso de cooperar com o secretário-geral para assegurar uma transição tranquila.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud