Perspectiva Global Reportagens Humanas

Na Europa, quase 60% dos adultos estão acima do peso ou obesos BR

A OMS afirma que obesidade tem causas complexas.
Foto: Photo: UNICEF/Toutounji
A OMS afirma que obesidade tem causas complexas.

Na Europa, quase 60% dos adultos estão acima do peso ou obesos

Saúde

Levantamento da Organização Mundial da Saúde no continente mostra ainda que uma entre três crianças, em idade escolar, sofre do problema; Dia Mundial da Obesidade é marcado neste 4 de março, com alerta sobre risco para doenças crônicas, incluindo câncer e diabetes. 

Este 4 de março é o Dia Mundial da Obesidade. A Organização Mundial da Saúde, OMS, alerta que pessoas acima do peso têm mais risco de desenvolverem doenças cardiovasculares, câncer, diabetes tipo 2, doenças respiratórias ou ter a saúde mental comprometida. 

Na Europa, um relatório divulgado nesta sexta-feira mostra que 60% dos adultos europeus estão acima do peso ou obesos.  

Crianças nas estatísticas  

Na Europa, 1 entre 3 crianças está acima do peso ou obesa.
Foto Rocio Franco/ONU Info
Na Europa, 1 entre 3 crianças está acima do peso ou obesa.

Segundo o Escritório da OMS na região, uma entre três crianças em idade escolar no continente sofre do problema. De acordo com a agência, a pandemia continua tendo grandes impactos nas pessoas, dentre eles, o aumento dos casos de obesidade.  

Quem está obeso precisa de tratamento de qualidade. A OMS recomenda soluções práticas para reverter o que chama de “crise de obesidade”, uma vez que as taxas globais triplicaram desde 1975, aumentando até cinco vezes entre crianças e adolescentes.  

Acabar com a vergonha e a culpa  

Segundo a OMS, 500 mil morrem por ano de doenças cardiovasculares causadas pelo consumo de gorduras trans
Public domain
Segundo a OMS, 500 mil morrem por ano de doenças cardiovasculares causadas pelo consumo de gorduras trans

Segundo a agência da ONU muito pode ser feito, incluindo restrições às estratégias de marketing de alimentos e bebidas com altos teores de açúcar ou gordura. A OMS diz ainda que é preciso oferecer, nas cidades, oportunidades para as pessoas caminharem, pedalarem ou praticarem outros esportes. 

Para a agência, é importante cultivar hábitos alimentares saudáveis desde a infância e lembra que a obesidade é um problema com diversas causas: estilo de vida, escolhas alimentares, fatores genéticos, psicológicos, socioculturais e econômicos. Por isso, é importante quebrar o ciclo de vergonha e culpa e mudar a maneira como a obesidade é tratada na esfera global de saúde pública.