Covid-19: Covax já entregou 1 bilhão de doses de vacina
BR

17 janeiro 2022

.Operação global de fornecimento de imunizantes é a maior da história, com 144 países sendo beneficiados; dose de número 1 bilhão foi entregue em Ruanda.

O mecanismo Covax entregou durante o fim de semana 1,1 milhão de vacinas contra a Covid-19 em Ruanda. Com isso, o total de doses entregues pela plataforma no mundo todo bateu a marca de 1 bilhão.  

A Organização Mundial da Saúde, OMS, explica que a plataforma de compra e de distribuição de vacinas é a maior operação do tipo da história, sendo que 144 países já foram beneficiados.  

Países atrasados com vacinação  

Apesar de marco, dezenas de países ainda não atingiram metas de vacinação.
Unicef/Opas/Karina Zambrana
Apesar de marco, dezenas de países ainda não atingiram metas de vacinação.

Porém, a agência lembra que as metas alcançadas pela Covax representam apenas uma fração do trabalho que ainda precisa ser feito. Até o dia 13 de janeiro, por exemplo, 36 países do mundo tinham vacinado menos de 10% de sua população. 

A OMS destaca ainda que em 88 nações, somente 40% dos habitantes receberam doses completas da vacina contra a Covid-19.  

Segundo a agência, as metas da Covax foram comprometidas com grandes estoques em países ricos, além de “surtos catastróficos levando ao fechamento de fronteiras e bloqueios ao fornecimento de vacinas”.  

Maior partilha global de tecnologias  

A OMS afirma que houve também falta do compartilhamento de licenças, de tecnologias e de conhecimentos por parte das farmacêuticas, comprometendo a capacidade de fabricação de vacinas.  

A plataforma Covax continua trabalhando com governos, fabricantes e parceiros para garantir que os países possam aplicar as vacinas na população rapidamente assim que receberam as doses.  

A OMS defende que agora é o momento ideal para todos os cidadãos “exigirem dos governos e das farmacêuticas que compartilhem ferramentas de saúde com todo o mundo e assim, ajudem a acabar com as mortes e o ciclo de destruição causado pela pandemia, limitando nova variantes e contribuindo para a recuperação econômica global”.  

 
 
  
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud