Em lugarejo símbolo da paz, Guterres reafirma compromisso com Colômbia
BR

23 novembro 2021

Secretário-geral visitou Llano Grande, onde ex-guerrilheiros convivem pacificamente com militares do governo, líderes locais e da sociedade civil; Acordos de Paz, em 2016, colocaram fim a mais de 50 anos de conflito no país sul-americano.

O chefe das Nações Unidas, António Guterres, visitou nesta terça-feira um vilarejo na Colômbia considerado um exemplo de pacificação após a assinatura dos Acordos de Paz no país.

Mais cedo falando a jornalistas, ele explicou que era a sua primeira visita ao terreno desde o fim da pandemia. Nesta terça-feira, António Guterres esteve em Llano Grande, acompanhado do presidente da Colômbia, Ivan Duque, do prefeito da cidade, grupos de jovens, indígenas e mulheres.

O secretário-geral visitou uma fábrica de roupas que reintegra ex-guerrilheiros à sociedade civil, em Llano Grande, na Colômbia
Unmvc
O secretário-geral visitou uma fábrica de roupas que reintegra ex-guerrilheiros à sociedade civil, em Llano Grande, na Colômbia

Cultivos

Ele se reuniu com integrantes da comunidade e lembrou que a paz precisa ser construída e consolidada.

O secretário-geral citou a entrega de terrenos a ex-combatentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, Farc, e a realização de projetos de apoio técnico e financeiro para compra de casas, lotes de terra e campos de cultivo para pequenos agricultores.

Guterres lembrou a participação do setor privado especialmente o setor cafeeiro. Ele elogiou o papel das mulheres e homens do Exército colombiano e da Polícia Nacional a favor da paz.

 Um soldado em um antigo campo de guerrilha das Farc em Dabeiba, Colômbia
Unmvc/Esteban Vanegas
Um soldado em um antigo campo de guerrilha das Farc em Dabeiba, Colômbia

Reconstrução

Llano Grande, localizada no Departamento de Antióquia, é parte do município de Dabeiba. Ali, autoridades locais e as comunidades reintegraram os guerrilheiros à sociedade após cinco décadas de conflitos entre tropas do governo e rebeldes das Farc.

O líder das Nações Unidas destacou qualidades como solidariedade, harmonia e generosidade na reconstrução de suas vidas e comunidades após os Acordos de Paz.

Guterres mencionou o exemplo de líderes indígenas na promoção do perdão.

O secretário-geral concluiu reconhecendo que apesar dos avanços, a Colômbia ainda enfrenta áreas de insegurança, falta de moradia e outros desafios após a assinatura do Acordo de Paz.

Ele reforçou o apoio ao país através da Missão de Verificação e das agências da ONU às comunidades afetadas.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud