Conferência na Coreia do Sul visa maior uso de tecnologia em missões de paz
BR

23 novembro 2021

Encontro na capital Seul deverá realçar também recursos de socorro médico; subsecretário-geral destaca complexidade crescente no tipo de operações; desafios incluem melhorar informatização, integração e eficiência.

As Nações Unidas realizam em 7 de dezembro a Reunião Ministerial de Manutenção da Paz em Seul na Coreia do Sul.

Representantes das áreas das Relações Exteriores, da Defesa, de organizações internacionais se juntarão a acadêmicos e a jornalistas. No total, 700 participantes de 155 países devem discutir temas com realce à tecnologia e maiores recursos médicos.

Desafios

Em entrevista coletiva, em Nova Iorque, o subsecretário-geral para as Operações de Manutenção da Paz disse que as forças internacionais “estão enfrentando desafios cada vez mais assustadores”.

Organização tem implantadas 12 operações de paz com 90 mil boinas azuis pelo mundo
ONU/Olivier Chassot
Organização tem implantadas 12 operações de paz com 90 mil boinas azuis pelo mundo

 

Jean-Pierre Lacroix apontou como necessidades maior apoio do Secretariado e dos Estados-membros, temas que reúnem as maiores expectativas da reunião de Seul. A organização tem implantadas 12 operações de paz com 90 mil boinas azuis.

O subsecretário-geral de Apoio Operacional, Atul Khare, acrescentou que os ambientes complexos em que as forças da organização operam exigem soluções criativas e ágeis.

Ele disse que a tecnologia pode tornar as missões e acampamentos “mais inteligentes”, mais integrados, eficientes, eficazes, seguros e permitir a oferta de serviço de ponta a ponta e suporte operacional, minimizando a pegada ambiental.

Conferência

O evento da capital sul-coreana faz parte de reuniões de chefes de Estado, de governo ou de nível ministerial que acontecem desde 2014.

Um ano depois foi realizada a conferência de líderes da ONU sobre Manutenção da Paz co-organizada pelos Estados Unidos. A última foi realizada há dois anos em Nova Iorque.

Participantes de 155 países devem discutir temas com realce à tecnologia e maiores recursos médicos
Minusma/Marco Dormino
Participantes de 155 países devem discutir temas com realce à tecnologia e maiores recursos médicos

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud