Afeganistão: ONU condena morte de mais de 30 pessoas em segunda explosão numa semana 
BR

15 outubro 2021

Ação suicida ocorreu durante horário de preces em mesquita xiita na cidade de Kandahar; missão da organização deplora ato cometido “contra uma instituição religiosa e seus fiéis”, que deixou mais de 70 feridos. 

A Missão das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, condenou o ataque suicida que matou mais de 30 pessoas numa mesquita xiita na cidade de Kandahar, sul do Afeganistão.  

Segundo agências de notícias, ocorreu uma grande explosão no local durante as orações de sexta-feira. As autoridades anunciaram que pelo menos 33 pessoas morreram e mais de 70 ficaram feridas. 

Instituição religiosa  

Foi o segundo ataque realizado em uma semana contra fiéis da seita minoritária, alegadamente cometido por agressores suicidas. Há uma semana, pelo menos 20 pessoas foram mortas e 90 ficaram feridas em um ataque em Kunduz. 

Em nota, a operação de paz deplora a mais recente atrocidade contra uma instituição religiosa e fiéis. A Unama lembra ainda que os autores do ato precisam ser responsabilizados. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud