Unesco reitera inclusão no Dia Internacional do Acesso Universal à Informação BR

Estudante lê em um tablet em uma escola na Tailândia
Unesco/Pornpilin Smithveja
Estudante lê em um tablet em uma escola na Tailândia

Unesco reitera inclusão no Dia Internacional do Acesso Universal à Informação

Assuntos da ONU

Data celebrada neste 28 de setembro terá debates entre políticos, profissionais e sociedade civil; diretora-geral da agência da ONU afirma que falta de acesso a informações confiáveis pode custar vidas, em particular em tempo de pandemia.

O Dia Internacional do Acesso Universal à Informação é comemorado em 28 de setembro. A data marca o início de seis painéis de discussão sobre a relação entre o tema e o desenvolvimento sustentável, a democracia e os direitos humanos.

Os alvos do debate global são formuladores de políticas, organizações profissionais e sociedade civil com vista a defender a existência e a implementação de leis de acesso à informação.

Diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay
Foto: ONU/Manuel Elias
Diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay

Vidas

Em mensagem sobre a data, a diretora geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Unesco, Audrey Azoulay, destacou que informações confiáveis salvam vidas.

A chefe da Unesco lembrou o custo humano da falta de informações críveis e rumores, especialmente no contexto da pandemia de Covid-19.

A mensagem reforça a necessidade de debates livres e embasados que cheguem à toda a população, já que esses são pilares para as sociedades democráticas.

Unesco lembrou o custo humano da falta de informações críveis e rumores, especialmente no contexto da pandemia de Covid-19.
Unsplash/Priscilla du Preez
Unesco lembrou o custo humano da falta de informações críveis e rumores, especialmente no contexto da pandemia de Covid-19.

Acesso

Azoulay afirmou que o compromisso com informações livremente acessíveis só será eficaz se forem verdadeiramente universais.

Ao pedir que todos os países adotem legislações para garantir esse direito, a chefe da Unesco afirma que “ninguém pode ser deixado para trás”.

A líder da agência defende que os governos devem garantir segurança e transparência coleta de dados, fortalecer a manutenção de registros e permitir análises precisas.

Ela afirma que os esforços devem estar alinhados com padrões internacionais de privacidade e direitos humanos.

Histórico

O Dia Internacional do Acesso Universal é celebrado pela Unesco desde 2015. A comemoração entrou para o calendário da Assembleia Geral das Nações Unidas em 2019.

A organização revelou que a data tem o objetivo de acelerar soluções sustentáveis para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, mobilizando governos, sociedade civil e pessoas para se apropriarem e contribuírem.