Janela para prevenir os piores impactos climáticos está se fechando, adverte ONU
BR

23 setembro 2021

Declarações foram feitas pelo secretário-geral António Guterres a representantes dos Estados-membros do Conselho de Segurança, órgão debateu o papel da ação climática na manutenção da paz e segurança internacionais.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas debateu na manhã desta quinta-feira o Papel da ação climática na manutenção da paz e segurança internacional.

Abrindo a sessão, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, destacou as prioridades da discussão.

O secretário-geral da ONU pediu apoio para combater a ameaça terrorista no Afeganistão durante encontro do Conselho de Segurança
ONU/Manuel Elias
O secretário-geral da ONU pediu apoio para combater a ameaça terrorista no Afeganistão durante encontro do Conselho de Segurança

Prioridades

O chefe da ONU enfatizou que o mundo precisa de comprometimento “sem ambiguidades” e ações críveis para evitar o aquecimento de mais de 1,5 grau Celsius. Ele lembrou dos efeitos catastróficos que a elevação da temperatura pode causar.

Guterres ressaltou que a janela para prevenir o pior está se fechando rapidamente.

Além da necessidade de cortar 45% das emissões de carbono até 2030, o líder das Nações Unidas também falou sobre o financiamento necessário para adaptação das vidas impactadas com as alterações do clima.

Seca na Somália
UNDP Somalia
Seca na Somália

Financiamento

Guterres destaca que antes da Cúpula do Clima, COP-26, espera que os países desenvolvidos cumpram a promessa de contribuir com os US$ 100 bilhões anuais para financiar ações nos países em desenvolvimento.

Ele afirma que os custos de adaptação climática nesses locais já estão estimados em US$70 bilhões. Até 2030, devem chegar em US$ 300 bilhões.

Paz

Para concluir as prioridades, Guterres afirmou que a adaptação climática e as iniciativas de consolidação da paz devem ser complementares.

O chefe da ONU citou exemplos pelo mundo em que diálogos entre fronteiras promoveram iniciativas sustentáveis e auxiliaram reconciliações.

Mulheres

O chefe de ONU reafirmou a importância da presença feminina nesses processos como “agentes fundamentais nessas mudanças”.  Segundo destacou, mulheres e meninas enfrentam graves riscos com as mudanças climáticas e conflitos.

O líder das Nações Unidas lembrou que a inclusão é necessária para resultados mais sustentáveis e que beneficiam mais gente.

Nações Unidas

Ao final de seu discurso, Guterres abriu o compromisso da ONU na redução de emissão de carbono.

De acordo com ele, as Nações Unidas estão integrando as iniciativas de riscos climáticos com as áreas da prevenção de conflitos e das operações de paz.

Ao citar que 80% das emissões da ONU veem das seis principais missões de paz, Guterres afirmou que a organização “pode fazer mais” em busca de soluções.

Ao terminar o discurso, Guterres realçou que como parte da solução o apelo era que o mundo trabalhe em conjunto para “mitigar e adaptar a mudança climática para construir sociedades pacíficas e resilientes”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud