ONU celebra Dia Internacional da Paz pedindo cooperação para o pós-pandemia
BR

21 setembro 2021

Secretário-geral António Guterres lembra que data é celebrada em momento de crise; líder da organização afirma que a paz “não é um sonho inocente” e sim o único caminho para uma humanidade melhor.

As Nações Unidas marcam esta terça-feira, 21 de setembro, o Dia Internacional da Paz. O tema do ano é "Recuperar melhor para um mundo mais equitativo e sustentável".

Em mensagem de vídeo, o secretário-geral, António Guterres, lembra que o mundo passa por um momento de crise com as consequências da pandemia, o agravamento das questões climáticas e conflitos, além da piora na desigualdade e pobreza.

Ele afirma que a paz “não é um sonho inocente”, mas o único caminho para uma humanidade melhor.

O Dia Internacional da Paz é celebrado pelo mundo no dia 21 de setembro
Foto ONU/Mark Garten
O Dia Internacional da Paz é celebrado pelo mundo no dia 21 de setembro

Recuperação

O chefe das Nações Unidas afirmou que a falta de confiança está dividindo pessoas, justamente em um momento em que solidariedade e colaboração são ainda mais necessárias.

Guterres reforçou que a paz é fundamental na recuperação da pandemia.

Ele lembra que apenas em um ambiente estável será possível levar tratamento e vacinas e reconstruir vidas.

O secretário-geral também destacou que é necessário renovar a confiança na ciência e “fazer as pazes com a natureza”.

Celebração

Para comemorar a data, o chefe da ONU pede um cessar-fogo de 24 horas.

Antecipando a comemoração, na última semana, António Guterres também fez parte da tradicional cerimônia do Sino da Paz, na sede das Nações Unidas.

Ao lado dos mensageiros da paz, que inclui o brasileiro Paulo Coelho, ele tocou o sino para pedir paz mundial. Representantes de Missões Permanentes e da ONU também estavam presentes.

Tradição

O Dia Internacional da Paz foi instituído em 1981 pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Duas décadas depois, em 2001, a Assembleia Geral votou por unanimidade para designar a data como um período de não-violência e cessar-fogo.

O Sino da Paz foi doado pela Associação das Nações Unidas do Japão, em junho de 1954, que propôs sua construção como símbolo de esperança para a paz.

A obra foi construída a partir de moedas doadas pelos representantes dos Estados-Membros, do papa e da sociedade, incluindo crianças, de mais de 60 países.

De acordo com a tradição, o sino seja tocado duas vezes por ano: no primeiro dia da primavera e em 21 de setembro, para celebrar o Dia Internacional da Paz.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud