Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio resulta da Convenção de Viena

Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio enfatiza crise do clima BR

Unsplash/Gordon Lau
Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio resulta da Convenção de Viena

Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio enfatiza crise do clima

Clima e Meio Ambiente

Secretário-geral pede reforço da união em favor do planeta; reflexão deste ano visa travar alterações do clima, impulsionar a eficiência energética na refrigeração para apoiar esforços em favor da segurança alimentar.

As Nações Unidas marcam neste 16 de setembro o Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio.

A organização instituiu a data há 27 anos para lembrar a assinatura, em 1987, do Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio.

Destruição

A principal meta do tratado internacional é a eliminação da produção e do consumo das substâncias químicas que prejudicam a região da estratosfera terrestre, concentrando altas quantidades do gás formado por três elementos do oxigênio.

Data ressalta medidas para desacelerar mudanças climáticas e ajudar a aumentar eficiência energética
Pnuma
Data ressalta medidas para desacelerar mudanças climáticas e ajudar a aumentar eficiência energética

 

A camada frágil protege a Terra contra os raios ultravioleta, ajudando a preservar a vida no planeta.

Entre produtos prejudiciais à camada de ozônio estão o brometo de metila, o clorofórmio de metila, o tetracloreto de carbono e produtos químicos conhecidos como halons, clorofluorcarbonos, CFCs, e hidroclorofluorocarbonos, Hcfs.

O Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio resulta da Convenção de Viena e ambos se tornaram os primeiros tratados na história das Nações Unidas a alcançar a ratificação universal.

Eficiência

As Partes do Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio concordaram em reduzir os hidrofluorocarbonos, HFCs, em sua 28ª Reunião das Partes realizada em 15 de outubro de 2016 em Kigali, Ruanda.

Para o secretário-geral António Guterres, tanto o Protocolo de Montreal como a Emenda Kigali “mostram que atuando em conjunto tudo é possível”.

O líder das Nações Unidas fez um apelo aos países para que possam "agir de imediato" para desacelerar" as mudanças climáticas, alimentar a fome e proteger o planeta, do qual todo o mundo depende.

Em 2021, o Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio ressalta medidas para desacelerar as mudanças climáticas e ajudar a aumentar a eficiência energética no setor de refrigeração visando contribuir para a segurança alimentar.

A recuperação, a longo prazo, da camada de ozônio está em andamento, mas ainda deve levar anos.
NASA
A recuperação, a longo prazo, da camada de ozônio está em andamento, mas ainda deve levar anos.