ONU quer saber como os jovens brasileiros estão enfrentando a pandemia
BR

6 setembro 2021

Organização lança pesquisa para entender os impactos sociais e econômicos da Covid-19 na juventude da América Latina; respostas são confidenciais e pessoas entre 15 a 29 anos também podem relatar quais são suas preocupações futuras.  

Jovens de todo o Brasil estão sendo convidados pelas Nações Unidas para responder a uma pesquisa sobre como a pandemia de Covid-19 tem afetado as suas vidas.  

A iniciativa é de várias agências que integram o Grupo de Trabalho da ONU sobre Juventude, incluindo a Unesco. Pessoas de idades entre 15 e 29 anos da América Latina e Caribe podem responder ao questionário online e existe, inclusive, uma versão em português

Força da juventude é chave para ações de direitos humanos
OIM
Força da juventude é chave para ações de direitos humanos

Impactos sociais e econômicos 

A ideia é entender como os jovens latino-americanos estão enfrentando o coronavírus mais de um ano depois do seu início e quais são as preocupações do grupo. A ONU destaca que a pandemia continuará aumentando as desigualdades e gerando a pior recessão da história recente, afetando principalmente adolescentes e jovens.  

A pesquisa quer saber como está sendo o acesso dos jovens à alimentação e aos produtos de higiene, e a opinião deles sobre a maneira com que o governo de seus países tem lidado com a pandemia.  

Os jovens também podem contar se estão estudando ou trabalhando e o impacto da Covid-19 nestes setores. A pesquisa está disponível na internet até o dia 30 de setembro.  

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud