Unicef pede doações ao mundo para apoiar vítimas da Covid-19 na Índia 
BR

7 maio 2021

Pandemia já matou mais de 230 mil pessoas de 1,3 bilhão de habitantes; agência da ONU mobiliza envio de 3 mil cilindros de oxigênio e outros insumos essenciais de saúde; escritório do Unicef, em Lisboa, pede aos portugueses que ajudem. 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, enviou para a Índia equipamentos e insumos de saúde para socorrer as vítimas da Covid-19. A lista inclui 3 mil cilindros de oxigênio, testes, kits médicos e outros materiais.  

Nesse momento, a Índia é a nação mais atingido pela Covid-19. Segundo dados da OMS, perto de 4 mil pessoas morreram somente na quarta-feira. No total, mais de 230 mil pessoas já perderam a vida.  

Campanha 

Em comunicado, a representante do Unicef na Índia, Yasmin Haque, disse que são necessárias medidas urgentes para evitar mais perdas trágicas. 

Trabalhadora de saúde na Índia ensina menina a lavar as mãos
Unicef/Panjwani
Trabalhadora de saúde na Índia ensina menina a lavar as mãos

Segundo ela, a agência está garantindo que os serviços para as crianças mais vulneráveis continuem, mas “muito mais é necessário à medida que o surto continua a espalhar-se rapidamente."  

Em Portugal, o Unicef lançou um apelo aos portugueses para que se juntem a este esforço global. A diretora-executiva da agência no país, Beatriz Imperatori, disse que "as cenas que chegam diariamente da Índia são simplesmente arrasadoras." 

Ela conta que o sistema de saúde já colapsou e não tem capacidade para tratar tantos doentes. Como sempre, são as pessoas mais vulneráveis que mais sofrem. 

Imperatori apelou a todos os doadores para que respondam para “evitar uma tragédia ainda maior.” 

Ajuda 

Além dos cilindros, a agência já forneceu mais de 500 cânulas nasais de alto fluxo e 85 máquinas RT-PCR, que realizam os testes de Covid-19. 

O Unicef apoia a compra e instalação de 25 centrais de oxigénio para hospitais no Nordeste e no estado de Maharashtra, e a instalação de mais de 70 scanners térmicos em vários portos de entrada em todo o país. 

A agência também mobilizou peritos de alto nível em Estados mais atingidos, como Maharashtra, para prestar apoio às autoridades estatais e locais para o planeamento e monitorização de respostas de curto prazo.  

Em Childline, foram distribuídos mais de 11 mil kits de proteção pessoal para que os serviços de acolhimento de crianças possam continuar a operar.  

Parceiros 

O Unicef está prestando apoio técnico ao governo e parceiros para ajudar 12,3 milhões de crianças em 17 estados a continuarem a aprender a partir de casa. Por exemplo, os "Centros de Aprendizagem Móvel, em Bihar, estão apoiando 28 mil crianças. 

A agência e outros parceiros estão ajudando o governo na aceleração do lançamento da vacina e no combate à desinformação, com a produção de novos conteúdos multimídia em várias línguas.  

Para continuar esta resposta, o Unicef precisa de US$ 21 milhões para a entrega urgente de equipamentos e mais US$ 50 milhões para outras intervenções de salvamento.  

A Índia foi um dos países que já começou sua campanha de imunização
Unicef/Ruhani Kaur
A Índia foi um dos países que já começou sua campanha de imunização

Como ajudar 

Se vive em Portugal, a página para doar está aqui. 

Se vive no resto do mundo, pode usar esta página. 

Outras formas de ajudar se vive em Portugal: 

MBWay – 919 919 939 

Transferência | Depósito Bancários - IBAN PT50 0033 0000 5013 1901 2290 5 

Multibanco – Entidade 20 467; Referência 777 777 777 

Ser Solidário no Multibanco - Transferências - Ser Solidário- UNICEF 

Donativo por correio — Cheque dirigido a: 

Comité Português para a UNICEF 

Av. António Augusto Aguiar, 21 -3E 

1069–115 Lisboa 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud