Américas devem receber 728 mil doses de vacina contra Covid em parceria com a ONU 
BR

18 março 2021

Anúncio foi feito pela Organização Pan-Americana da Saúde, Opas; lotes devem ser entregues já nos próximos dias a Peru, Guatemala, El Salvador, Honduras e Jamaica. 

A diretora geral da Organização Pan-Americana da Saúde, Carissa Etienne, informou que a agência deve entregar 728 mil doses de vacinas contra a Covid-19 nas Américas já nos próximos dias. 

Segundo Etienne, os lotes vão ajudar a avançar a imunização na região e são parte de um envio total de mais de 3,4 milhões de doses. 

Alta demanda 

Ela informou que apenas dois fabricantes de vacinas estão despachando milhões de doses para dezenas de países, o que ainda impede a entrega para todas as nações ao mesmo tempo, mas esses envios devem ser regularizados nos próximos meses. 

Mais de 10% de todos os casos de Covid-19 no mundo foram notificados entre os profissionais do setor
OPS/Karen Gonzalez
Mais de 10% de todos os casos de Covid-19 no mundo foram notificados entre os profissionais do setor

Cerca de  400 mil doses adquiridas pela Covax, a iniciativa da OMS com parceiros para levar a vacina a países em desenvolvimento serão entregues para Peru, Guatemala, El Salvador, Honduras e Jamaica. A Colômbia foi a primeira receber os lotes no início deste mês. Nas Américas, 36 países estão participando da iniciativa. 

Controle do vírus 

A chefe da Opas lembra que as doses são limitadas e levarão vários meses até que as vacinas possam controlar o vírus. Segundo ela, o objetivo é salvar o maior número de vidas possível, priorizando as doses para aqueles que estão em maior risco de infecção: os profissionais de saúde, os idosos e pacientes com doenças preexistentes.  

Covax quer alcançar 30% da população de cada país participante ainda este ano
Unicef/Ragul Krishnan
Covax quer alcançar 30% da população de cada país participante ainda este ano

No Caribe, 15 países aguardam a chegada de 2,1 milhões de doses da parceria Covax até maio.

A vacina da Johnson & Johnson foi autorizada pela OMS e promete acelerar os esforços de imunização, já que confere proteção em dose única. A Covax garantiu mais de 100 milhões de doses para 2021 e cerca de 500 milhões até 2022.  

Etienne advertiu que as pessoas vacinadas devem manter medidas de saúde pública - lavagem das mãos, distanciamento social e uso de máscaras - já que, mesmo com a chegada das vacinas, a Covid-19 continua se espalhando em cerca de metade dos países das Américas. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud