Secretário-geral quer que 2021 seja ano de novas oportunidades BR

Para Guterres, 2020 foi um ano de provações, tragédias e lágrimas
ONU Foto/ONU Mulheres
Para Guterres, 2020 foi um ano de provações, tragédias e lágrimas

Secretário-geral quer que 2021 seja ano de novas oportunidades

Assuntos da ONU

Em mensagem de Ano Novo, António Guterres afirma que é preciso atuação conjunta após pandemia; chefe da ONU também destaca mudança climática, dizendo que a ambição central das Nações Unidas é construir coligação global em prol da neutralidade de carbono até 2050; leia a mensagem na íntegra. 

Caros amigos,

2020 foi um ano de provações, tragédias e lágrimas.

A Covid-19 virou as nossas vidas do avesso e mergulhou o mundo em sofrimento e tristeza.

Testes de covid-19 em hospital de Istanbul, Turquia.
2020 foi marcado por pandemia de Covid-19, by Pnud Turquia/Levent Kulu

Perderam-se muitos entes queridos – e a pandemia continua a alastrar-se, gerando novas ondas da doença e de morte.

A pobreza, as desigualdades e a fome estão a aumentar. Os empregos estão a desaparecer e as dívidas a subir. As crianças enfrentam dificuldades. 

A violência em casa está a aumentar e há insegurança em todos os lugares. 

Mas o Ano Novo está aí. E com ele, vemos raios de esperança: 

Pessoas a estenderem a mão a vizinhos e estranhos;

Os trabalhadores que estão na linha da frente a darem tudo o que têm;

Cientistas a desenvolverem vacinas em tempo recorde;

Países a assumirem novos compromissos para prevenir a catástrofe climática. 

Se trabalharmos juntos, em união e solidariedade, esses raios de esperança podem chegar a todo o mundo.

É essa a lição deste ano tão difícil. 

Tanto a mudança climática como a pandemia da Covid-19 são crises que só podem ser enfrentadas por todos nós, juntos, como parte de uma transição para um futuro inclusivo e sustentável. 

ONU News
Em mensagem de Ano Novo, secretário-geral da ONU relembra os desafios de 2020

A ambição central das Nações Unidas para 2021 é a de construir uma coligação global em prol da neutralidade de carbono até 2050.

Cada governo, cidade, empresa e indivíduo podem contribuir para a concretização desta visão.

Façamos juntos as pazes entre nós e com a natureza para enfrentar a crise climática, impedir a disseminação da Covid-19 e fazer de 2021 um ano de cura.

Curar do impacto de um vírus mortal. Curar economias e sociedades destruídas. Curar divisões. E começar a curar o nosso planeta.

Esta deve ser a nossa resolução de Ano Novo para 2021. 

Desejo-vos a todos um feliz Ano Novo, com muita paz, das Nações Unidas.