OMS: Covid-19 levará a Natal diferente assim como toda estação de inverno
BR

16 dezembro 2020

Em comunicado, Organização Mundial da Saúde na Europa recomenda cultos e missas ao ar livre, menos gente nas estações de esqui e suspensão de mercados de Natal para minimizar risco de novos casos de Covid; agência espera novos casos de Covid-19 na Europa para 2021.

As primeiras semanas e meses de 2021 poderão trazer uma nova leva de contaminação com o coronavírus. A estimativa é da Organização Mundial da Saúde, OMS, na Europa.

Para prevenir o aumento da pandemia, especialistas da agência recomendam o uso da máscara durante todo o período de festas de fim de ano e além. Com a possibilidade de confraternização, aumenta o risco de transmissão.

As primeiras semanas e meses de 2021 poderão trazer uma nova leva de contaminação com o coronavírus
Centre hospitalier d’Argenteuil
As primeiras semanas e meses de 2021 poderão trazer uma nova leva de contaminação com o coronavírus

Decisões

Segundo a OMS, decisões individuais influenciam toda a comunidade. Numa lista, a agência inclui recomendações a governos sobre atividades desportivas como esquiar. 

Existem mais de 100 estações de esqui na Europa, e 11 meses após o surgimento da pandemia pode-se afirmar que elas tiveram um papel importante em espalhar a doença por agregar muitas pessoas ao mesmo tempo.

Para a OMS, os países devem estudar ajustes de atividades sazonais para evitar concentração de muitas pessoas durante viagens e em ambientes confinados.

A agência também aborda encontros religiosos, recreativos e os riscos associados a eles. Para a OMS, o melhor é adiar, limitar ou cancelar esses eventos em massa para conter o vírus.

A variante B117 foi identificada no Reino Unido e relatada à agência da ONU em 14 de dezembro.
FMI/Jeff Moore
A variante B117 foi identificada no Reino Unido e relatada à agência da ONU em 14 de dezembro.

Ventilação

Quem tem o vírus deve evitar viajar assim como passageiros que tiveram contato com a pessoa contaminada.

A OMS acredita que todos podem tomar medidas para evitar a disseminação da pandemia durante este período festivo e também durante todo o inverno.

Nesta época do ano, muitas comunidades na Europa realizam celebrações, mercados de Natal, procissões religiosas para marcar o período. A agência diz que elas devem ser adiadas ou reduzidas porque o risco de contágio é sério.

Para a OMS, cultos religiosos e missas devem ser realizados do lado de fora, em ambientes abertos, e devem ter duração limitada com distanciamento físico, ventilação e higiene das mãos.

A agência da ONU afirma que ainda que pareça “estranho” usar a máscara durante todo o tempo e praticar higiene das mãos como se distanciar de parentes e amigos, é preciso seguir esse protocolo para se manter seguro e saudável.

Pessoas mais velhas e frágeis podem ter dificuldade para pedir aos parentes que se distanciem fisicamente

OMS na Europa diz que para quem não tem outra opção a não ser viajar para ver a família, é necessário evitar meios de transporte lotados
Foto: ONU News/Li Zhang
OMS na Europa diz que para quem não tem outra opção a não ser viajar para ver a família, é necessário evitar meios de transporte lotados

Viagens

Sobre viagens: A OMS na Europa diz que para quem não tem outra opção a não ser viajar para ver a família, é necessário evitar meios de transporte lotados.

Alguns países estão exigindo teste negativo de Covid para autorizar o acesso de visitantes, e outros podem pedir a quarentena. A agência da ONU aconselha a todos a seguirem as diretrizes de autoridades ao viajar.

Ainda que este seja um período diferente de festas, a OMS acredita que é possível aproveitar este tempo e tirar o melhor dessa situação de formas segura e saudável.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud