15 novembro 2020

Foram 1,35 milhão de mortes nas estradas em 2018; os acidentes são a maior causa de morte entre pessoas entre cinco e 29 anos; 2020 encerra a Década de Ação para a Segurança nas Estradas. 

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito é marcado este domingo sob o tema “Lembre. Apoie. Aja”. 

Em 2005, a Assembleia Geral adotou a data, observada no terceiro domingo de novembro, para homenagear as vítimas e suas famílias. 

Mortes  

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirma que as lesões nas estradas são a principal causa de morte em pessoas entre cinco e 29 anos. Em 2018, um relatório sobre a situação global revelou que o número de mortes anuais no trânsito atingiu 1,35 milhão.  

Foto: Banco Mundial/Trinn Suwannapha
Agências da ONU realizam também a Semana Global de Segurança no Trânsito.

 

Em 2020, a OMS realiza uma série de eventos em redes sociais destacando que é preciso lembrar os que morreram, apoiar os sobreviventes e agir para salvar vidas nas estradas em todo o mundo. 

De acordo com a agência, os efeitos destes acidentes são sentidos de forma desproporcional por pedestres, ciclistas e motociclistas. A situação é particularmente mais grave entre habitantes de países em desenvolvimento. 

A visão que inspirou a declaração do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito foi fornecer uma plataforma para refletir sobre vítimas e suas famílias. 

Vítimas  

Outras metas reconhecem o trabalho dos serviços de emergência, chamam a atenção para a resposta às mortes e ferimentos nas estradas e defendem o apoio às vítimas de sinistros de trânsito e seus familiares. Pretende-se ainda promover ações comprovadas para prevenir e impedir danos humanos. 

ONU News/Vibhu Mishra
Além do custo humano, estes acidentes causam perdas anuais na economia de US$1.85 trilhão.

 

O relatório da OMS destaca que que continua lento o progresso para atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, 3.6 sobre a redução de 50% no número de mortes nos acidentes de trânsito até o fim deste ano.   

A Década de Ação para a Segurança no Trânsito 2011-2020 foi proclamada para “salvar milhões de vidas através da construção de capacidade de gestão da segurança no trânsito”. 

Segurança 

Várias ações foram definidas para fazer avançar durante esse período a segurança da infraestrutura rodoviária, dos veículos, o comportamento dos usuários das rodovias e a resposta pós-acidente. 

Diversas agências da ONU realizam também a Semana Global de Segurança no Trânsito destacando a situação das crianças nas estradas do mundo e promovendo ações para melhorar as medidas para os menores de idade. 

  

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud