Nações Unidas celebram Dia Internacional da Linguagem de Sinais 
BR

23 setembro 2020

Em mensagem, secretário-geral comemora aumento de interpretação em vários países com informações sobre Covid-19; mundo tem 72 milhões de pessoas surdas, mais de 80% delas vivem em países em desenvolvimento. 

Este 23 de setembro é o Dia Internacional da Linguagem de Sinais. Segundo a ONU, existem mais de 300 variantes usadas em interpretações com linguagem de sinais no mundo.  

De acordo com a Federação Mundial de Surdos, existem cerca de 72 milhões de pessoas vivendo com surdez, e mais 80% delas estão em países em desenvolvimento.  

Ator Daryl Mitchell participa em evento da ONU, com assistência de intérprete de linguagem de sinais
Ator Daryl Mitchell participa em evento da ONU, com assistência de intérprete de linguagem de sinais, Foto ONU/Manuel Elias

Inclusão 

Em mensagem sobre o dia, o secretário-geral da ONU, António Guterres, destaca o impacto da pandemia sobre as pessoas com deficiência. Ao mesmo tempo, ele afirma que “tem sido encorajador ver alguns países fornecendo anúncios de saúde pública e informações sobre Covid-19 com interpretação em linguagem gestual.” 

Em seu resumo de políticas sobre pessoas com deficiência e Covid-19, divulgado em maio, Guterres pediu que as medidas de resposta e recuperação fossem acessíveis a todos. 

O chefe da ONU também destaca a Estratégia de Inclusão das Nações Unidas sobre Deficiência, lançada em 2019. O documento pretende fortalecer os esforços para garantir a participação significativa e a inclusão total destas pessoas em todas as atividades da organização, inclusive em tempos de crise.  

Em 2020, a Federação Mundial de Surdos também está lançando um Desafio de Líderes Globais para promover o uso da interpretação

Para Guterres, “essa é a única maneira de cumprir a promessa central da Agenda 2030 e não deixar ninguém para trás.” 

Apelo 

Neste Dia Internacional, o secretário-geral apela a líderes locais, nacionais e globais para proteger e promover a diversidade das línguas de sinais. Para ele, isso é fundamental “para que todos possam participar e contribuir com a sociedade e alcançar seu pleno potencial. 

Em 2020, a Federação Mundial de Surdos também está lançando um Desafio de Líderes Globais para promover o uso da interpretação por líderes locais, nacionais e globais em parceria com associações nacionais. 

A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência reconhece e promove o uso destas línguas dizendo que elas têm o mesmo status de outros idiomas e obriga os Estados-membros a facilitar a sua aprendizagem. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud