ONU nomeia brasileiro para lista de 17 Jovens Líderes para Objetivos Globais
BR

18 setembro 2020

Ralf Toenjes promove acesso à saúde ocular em comunidades carentes e foi escolhido entre mais de 7 mil inscritos em todo o mundo; campo de ação das iniciativas do empreendedor inclui países como Brasil, Moçambique, Haiti e Índia.

O empreendedor social brasileiro Ralf Toenjes é desde esta sexta-feira um dos 17 Jovens Líderes para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, ODSs. 

As Nações Unidas confirmaram a escolha entre mais de 7 mil inscritos às margens do Momento ODSs. O processo envolveu projetos e ações de impacto nos esforços pelo fim da pobreza, combate às mudanças climáticas e redução das desigualdades.

VerBem
Mais de 150 mil pessoas foram beneficiadas e 60 mil óculos doados em 21 estados brasileiros e em países como Moçambique, Haiti e Índia.

Brasil e Moçambique

O brasileiro, 28 anos, é presidente da ONG Renovatio. Em cinco anos, a iniciativa adaptou ônibus, carretas e consultórios portáteis criando 15 clínicas móveis de atendimentos oftalmológico e doação de óculos de grau. 

Mais de 150 mil pessoas foram beneficiadas e 60 mil óculos doados em 21 estados brasileiros e em países como Moçambique, Haiti e Índia.
Ralf disse que esse “reconhecimento e força dessa geração para ajudar nas mudanças da sociedade” são essenciais.

Ele realça ainda a possibilidade de se “mudar a forma como a humanidade produz, consome e se organiza socialmente, pensando em todas as pessoas, e sem deixar ninguém para trás.”

Protagonistas

Para o novo líder e único de língua portuguesa na lista, esta “é uma grande oportunidade de atuar como protagonista dessas mudanças, compartilhando a transformação e impactos promovidos no Brasil para o mundo, além de inspirar e nos conectar com outros jovens”.

A iniciativa internacional é liderada pela enviada especial do secretário-geral da ONU para a Juventude Jayathma Wickramanayake 
Com graduações em Direito, Administração e Economia, Ralf Toenjes se dedica ao empreendedorismo social desde 2014.  Ele lidera o negócio social VerBem promovendo o acesso à saúde oftalmológica no Brasil junto a investidores onde 71% dos municípios não possuem médicos oftalmologistas.

VerBem
Ralf Toenjes lidera o negócio social VerBem promovendo o acesso à saúde oftalmológica no Brasil junto a investidores onde 71% dos municípios não possuem médicos oftalmologistas.

Incentivo

O espírito de Ralf Toenjes se manifestou na era da Covid-19 no Movimento #2em2. Ele ajudou a ampliar testes de anticorpos contra o vírus entregando estes materiais a hospitais públicos e filantrópicos de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e indígenas do Xingu.

Como Líder para os ODSs, o brasileiro deverá promover ações e incentivar jovens a atuarem em favor das metas a serem atingidas até 2030 com foco no desenvolvimento sustentável, direitos humanos, paz e segurança e ação humanitária.

A lista inclui jovens de 18 a 29 anos de vários países entre eles Estados Unidos, Nigéria, Paquistão, Senegal, Turquia e Austrália.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

ONU Mulheres destaca posição de ativista brasileira sobre futuro pós-pandemia

Renata Koch Alvarenga é fundadora e diretora da EmpoderaClima, uma plataforma sobre justiça de gênero e clima; agência da ONU falou sobre recuperação após a pandemia de Covid-19 com jovens da Índia, do Canadá, da Tunísia, da Suécia, do Uganda e da Alemanha.

Brasileira que integra novo órgão da ONU sobre clima diz que “jovens trazem criatividade e inovação”

Ativista Paloma Costa Oliveira integra Grupo Consultivo da Juventude sobre Mudança Climática, anunciado por secretário-geral; em entrevista à ONU News, a jovem diz que iniciativa “é uma grande oportunidade para dar uma revigorada em tudo o que tem sido feito, trazendo uma nova perspectiva.”