Guterres elogia negociações de paz no Afeganistão e pede papel para mulheres
BR

12 setembro 2020

Em nota, secretário-geral da ONU agradeceu ainda ao Catar por abrigar reuniões e apoiar o processo; para ele, iniciativa do governo afegão e do movimento Talebã é uma grande oportunidade de alcançar a paz tão esperada pelo povo do Afeganistão e ter a diversidade feminina representada.

As Nações Unidas saudaram as negociações de paz entre o Afeganistão e o movimento islâmico Talebã, iniciadas neste sábado.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, emitiu uma nota elogiando a decisão de ambas as partes de retomarem o processo de paz e agradeceu ao Catar por abrigar o encontro.

Diversidade
 

As negociações, que têm lugar em Doha, são na opinião de Guterres uma grande oportunidade de alcançar a paz, que é uma longa aspiração do povo afegão.

Ele também elogiou a “resiliência e coragem” de todos os afegãos, e os chamados consistentes da população pelo fim da violência no país.

Para António Guterres, são os afegãos mesmos que devem decidir o conteúdo e o rumo das negociações de paz. Ele pediu, no entanto, que mulheres, jovens e as vítimas do conflito sejam representados nas conversações para que possam contribuir para o fim do conflito.

Guterres acredita que todas as partes devem assegurar a participação das mulheres em vários papéis para que a paz inclua as experiências delas e represente ainda toda a sua diversidade.

Lares

Ele finalizou a nota dizendo que está entusiasmado com dois acordos de paz este ano, e que com o início dessas negociações, Guterres pede que os esforços sejam redobrados para proteger os civis e diminuir o conflito salvando vidas e criando as condições para o diálogo.

O chefe da ONU afirmou esperar que a paz possibilite o retorno de milhões de afegãos, deslocados interna e externamente pela violência, a seus lares de formas segura e ordeira.  Guterres disse ainda que a ONU está pronta para apoiar o país e povo no que for preciso.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud