Nações Unidas celebram Dia Internacional contra Testes Nucleares 
BR

29 agosto 2020

Desde 1945, mais de 2 mil ensaios foram realizados por pelo menos oito países; Tratado Abrangente de Proibição de Testes Nucleares, de 1996, ainda não entrou em vigor. 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou este sábado que “os testes nucleares são uma relíquia de outra época e que não deveriam existir no século 21.”  

A declaração de Guterres marca o Dia Internacional contra Testes Nucleares neste 29 de agosto. A data ocorre desde 2010, quando o Cazaquistão decidiu fechar o local de testes Semipalatinsk. 

Secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu a todos os Estados-membros que ratifiquem Tratado Abrangente de Proibição de Testes Nucleares, Foto ONU/Evan Schneider

Significado  

Para Guterres, este Dia Internacional tem “um significado especial” em 2020, quando o mundo celebra os 75 anos desde o primeiro teste nuclear, denominado código Trinity, realizado em julho de 1945 nos Estados Unidos.  

Desde então, mais de 2 mil ensaios foram realizados por pelo menos oito países.   

O secretário-geral destacou os “efeitos profundos, prejudiciais e duradouros ao meio ambiente, saúde humana e desenvolvimento econômico de algumas das regiões mais frágeis do mundo.”  

Apesar dos impactos e do amplo apoio global a uma proibição legalmente vinculativa, o Tratado Abrangente de Proibição de Testes Nucleares, de 1996, ainda não entrou em vigor.  

Apelo  

Mais uma vez, António Guterres pediu a todos os Estados-membros que ainda não assinaram ou ratificaram o tratado para fazê-lo “sem demora.”  

Segundo o secretário-geral, “a ameaça nuclear está mais uma vez em ascensão.” Ele disse que “a proibição total dos testes nucleares é um passo essencial para prevenir as melhorias qualitativa e quantitativa das armas nucleares e para alcançar o desarmamento nuclear.”  

Neste Dia Internacional, a ONU reconhece também os sobreviventes destes testes e o sofrimento que suportaram. Para o chefe da ONU, “a melhor maneira de homenagear as vítimas é evitá-los no futuro.”  

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Chefe da Agência Internacional de Energia Atômica chega ao Irã em visita oficial 

Diretor-geral, Rafael Mariano Grossi, deve se reunir com autoridades do país na primeira viagem oficial a Teerã desde que assumiu o posto em dezembro; agência busca debater mecanismos de salvaguardas e acesso ao programa nuclear do país.