Produtores de videogame juntam-se à ONU para combater mudança climática
BR

19 agosto 2020

Mundo tem 250 milhões de usuários ativos de jogos; uma série de ativações ambientais será integrada a games como Subway Surfers, Angry Birds 2 e Golf Clash, anunciou o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma.
 

Pelo menos 11 empresas de produção de videogames aderiram a uma iniciativa da ONU para combater a mudança climática.

O projeto “Jogando pela Aliança Planeta”, numa tradução livre, é coordenado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma.

Eventos temáticos

A proposta foi debatida no início do ano durante o evento Green Mobile Game Jam e que reuniu líderes de 11 empresas comprometidas a integrar essas “ativações verdes” aos games incluindo novos mapas, eventos temáticos, storylines e serviços de mensagem.

Com a iniciativa, o Pnuma espera que as novas práticas e o aprendizado compartilhado de proteção ambiental ajudem a gerar uma mudança na forma como os jogos são desenhados para um enorme público em todo o mundo.

A diretora-executiva do Pnuma, Inger Andersen, contou que a agência está entusiasmada com a indústria dos videgames e o apoio para reverter os efeitos da crise climática.

Confinamento

Já o presidente da empresa Space Ape, John Earner, afirmou que estava cético num primeiro momento sobre a iniciativa, especialmente como realizá-la durante o confinamento social devido à pandemia. Mas com o bom resultado, ele diz que é uma inspiração ver como empresas que competem entre si, cooperarem com um grande projeto.Ela lembra que existem 250 milhões de usuários de videogames no mundo, e espera que eles possam ser inspirados a agir.

Cada empresa tem uma função na planilha da iniciativa. A Space Ape ensinará aos jogadores os benefícios da energia renovável.

Já a Fingersoft adicionará estações de recarregamento com painéis de energia solar no jogo Hill Climb Racing 2.
 E dois eventos do game Angry Birds 2 contarão com projetos de reflorestamento.

Natureza

As demais empresas são: MAG Interactive, Sybo, WildWorks, Playdemic, Rovio, Pixelberry, Creative Mobile, Future Games of London e GameDuell.

Os participantes são convidados a tratar de temas que vão desde mudança climática ao apoio ao reflorestamento e à restauração da natureza.

Algumas ativações já foram integradas e outras começarão no próximo ano. A iniciativa tem o apoio do Google Play. O objetivo é atingir 1 bilhão de adesões em todo o mundo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Vício em videogame é classificado pela OMS como problema de saúde mental

Ao tomar decisão, Organização Mundial da Saúde destaca que será possível descobrir quantas pessoas são afetadas pela condição; jogar videogames ou jogos digitais de forma compulsiva prejudica relações pessoais e performance no trabalho ou escola.