Opas adverte contra uso de produtos à base de cloro como tratamento para Covid-19
BR

10 agosto 2020

Desde o início da pandemia, numerosos produtos foram comercializados usando falsas alegações; agência diz não haver evidências de eficácia alertando para graves efeitos de ingestão ou inalação dessas substências.

A Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, emitiu um alerta contra o uso de produtos à base de cloro como tratamentos para a Covid-19.

Em nota, a agência diz que “não recomenda o uso oral ou parenteral de dióxido de cloro ou produtos com clorito de sódio para pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou para qualquer outra pessoa.”

Recomendações 

Segundo a Opas, “não há evidências de eficácia deles e a ingestão ou inalação de tais produtos pode causar graves efeitos adversos.”

A agência recomenda que a população evite consumir produtos que contenham dióxido de cloro ou substâncias relacionadas e que toda a comercialização desses produtos para fins terapêuticos seja notificada às autoridades.

Desde o início da pandemia, numerosos produtos contendo dióxido de cloro ou derivados foram comercializados, de forma isolada ou em combinação com outros produtos, usando falsas alegações de que podem curar a Covid-19 e doenças associadas. 

Efeitos

O dióxido de cloro, um gás usado como alvejante nas estações de tratamento de água, e o hipoclorito de sódio, um desinfetante comercializado para uso doméstico, podem ser tóxicos se ingeridos e causar vários efeitos adversos.

Os ministérios da Saúde e as autoridades reguladoras de pelo menos nove países das Américas, incluindo a Administração de Medicamentos e Alimentos dos Estados Unidos, FDA, já emitiram alertas semelhantes.

A Opas recomenda que as autoridades de saúde facilitem a notificação de eventos adversos relacionados a essas substâncias. Também pede que emitam todos os alertas e ações regulatórias necessários, incluindo possíveis sanções, para evitar que estes eventos aconteçam. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Banco Mundial e parceiros defendem acesso equitativo a água e ao saneamento na Covid-19

Em nova nota técnica com foco no Brasil, órgão junta-se ao Unicef e a Instituto Internacional de Águas de Estocolmo em análise que mostra que a pandemia exacerbou a desigualdade no acesso aos serviços e evidenciou necessidade de políticas públicas para o setor.