Até 2024, temperatura global estará pelo menos 1°C acima dos níveis pré-industriais 
BR

9 julho 2020

Previsão representa desafio às metas do Acordo de Paris para manter aumento da temperatura abaixo de 2°C; agência diz que fechamentos causados pela Covid-19 não influenciarão reduções de gases de efeito estufa.

A temperatura global média anual deve ficar em pelo menos 1° C acima dos níveis pré-industriais nos próximos cinco anos, de acordo com as novas previsões da Organização Meteorológica Mundial, OMM. Existe ainda 20% de chance de que esta margem exceda 1,5° C em pelo menos um desses anos.

A temperatura média do globo já está acima de 1° C acima da época pré-industrial, entre 1850 e 1900. Os anos de 2015 a 2019 foram o período de cinco anos mais quentes já registrados.

ONU quer minimizar os impactos desastrosos da mudança climática.
A ONU lembra que nenhum país está imune ao efeito arrasador das emissões de dióxido de carbono, que causam o aquecimento global., by OMM/Jordi Anon

Importância

As previsões, lideradas pelo Met Office do Reino Unido, usam a experiência de cientistas internacionais e de modelos dos principais centros climáticos do mundo.

Em nota, o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, disse que o estudo mostra “o enorme desafio que existe para se cumprir a meta do Acordo de Paris de manter o aumento da temperatura bem abaixo de 2° C neste século.”

As previsões analisam variações naturais da Terra e a influência dos seres humanos. Além de temperatura, existem análises sobre precipitação, padrões de vento e outras variáveis. 

Pandemia

Os modelos não levam em consideração alterações causadas pelo bloqueio de combate à Covid-19. O chefe da OMM afirmou que “a desaceleração industrial e econômica da Covid-19 não substitui ação climática sustentada e coordenada.” 

Taalas explicou que “devido à vida útil muito longa do CO2 na atmosfera, não se espera que o impacto leve a uma redução nas concentrações atmosféricas que causam o aumento da temperatura global.”  Para ele, “os governos devem aproveitar a oportunidade para abraçar a ação climática como parte dos programas de recuperação.”

Conclusões

Segundo as previsões, existe uma chance de 70% de que em cada um dos próximos cinco anos, um ou mais meses estejam pelo menos 1,5° C acima dos níveis pré-industriais. Por outro lado, é extremamente improvável que a temperatura média em todo esse período atinja 1.5°C acima do limite. 

Quase todas as regiões, exceto partes dos oceanos do sul, deverão ser mais quentes que no passado recente. Regiões de alta latitude e o Sahel provavelmente serão mais úmidas enquanto o norte e leste da América do Sul serão mais secos.

Anomalias de pressão no nível do mar sugerem que a região norte do Atlântico Norte pode ter ventos mais fortes a oeste, levando a mais tempestades na Europa Ocidental. A menor mudança de temperatura é esperada nos trópicos e nas latitudes médias do Hemisfério Sul.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud