Fórum Político analisa avanço dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável durante Covid-19
BR

6 julho 2020

Em mensagem aos participantes do evento de alto nível, que começa nesta terça-feira, António Guterres lembrou que cada um dos 17 ODSs está sofrendo o impacto da pandemia; reunião virtual debaterá combate à pobreza e à fome, à mudança climática, e formas de recuperação econômica após a crise global.

Ministros das Finanças, Educação, do Meio Ambiente e Desenvolvimento, além de outras pastas, reúnem-se esta semana, de forma virtual, nas Nações Unidas, para debater os avanços da Agenda 2030.

Este ano, no entanto, o encontro acontece sob as consequências arrasadoras da crise global provocada pela Covid-19 para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs. 

Em mensagem ao grupo, o secretário-geral da ONU António Guterres alertou que a pandemia está afetando cada um dos 17 ODSs. Foto: ONU/Jean Marc Ferré

Revisões voluntárias

Em mensagem ao grupo, o secretário-geral da ONU António Guterres alertou que a pandemia está afetando cada um dos 17 ODSs: da pobreza às mudanças climáticas passando por qualidade da educação e igualdade de gênero.

O Fórum Político de Alto Nível examina os compromissos dos governos e incentiva a prestação de contas das ações que integram a agenda, que deve ser concluída até 2030. 

O processo é conhecido como Revisões Nacionais Voluntárias e conta com a participação de outras partes da ONU, que oferecem contribuições e informações.

O impacto econômico da pandemia é parte das discussões este ano sob o tema “Reconstruindo melhor”. A conferência de 10 dias começa, oficialmente, na terça-feira, 7 de julho. 

Risco de fome

Os países analisarão o relatório do secretário-geral sobre os avanços dos ODSs. Este ano, marca o início da Década de Ação para a implementação da Agenda de Desenvolvimento Sustentável. 

O apelo da ONU é que as ações sejam aceleradas pelos governos, uma vez que em várias partes do mundo, muitas autoridades já afirmaram que não terão como cumprir o prazo de 2030.

A pandemia agravou ainda mais as expectativas de muitos países. Com o fechamento da economia, os grupos mais carentes passaram a carregar um fardo socioeconômico ainda maior.  A ONU estima que a suspensão das aulas deixou 1,6 bilhão de crianças fora da escola, e dezenas de milhões estão sob risco de fome.

A quantidade de pessoas lançadas na pobreza por causa da pandemia é de 49 milhões.

Banco Mundial/Stephan Gladieu
A ONU estima que a suspensão das aulas deixou 1,6 bilhão de crianças fora da escola, e dezenas de milhões estão sob risco de fome.

Ação climática

O resultado das discussões do Fórum Político de Alto Nível deverá integrar um segundo relatório de António Guterres sobre o tema, que tratará da implementação dos ODSs numa realidade transformada pela Covid-19.

Nesse documento, o chefe da ONU pretende abordar dois pilares: a redução da desigualdade através de economias mais sustentáveis e justas e o compromisso rápido e sustentável para a diminuição das emissões de dióxido de carbono.

Guterres acredita que a ação climática imediata poderia levar a uma economia de dezenas de trilhões de dólares em nível global.

Ele ressaltou a importância da cooperação e da solidariedade internacionais para a recuperação da crise gerada pela pandemia.

Para isso, António Guterres propôs um pacote global de estímulo fiscal que represente 10% do Produto Interno Bruto, PIB, do mundo.

O Fórum Político deve terminar em 16 de julho. O segmento ministerial ocorre de 14 a 16 de julho.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud