ONU apresenta roteiro para ampliar cooperação digital na era pós-Covid-19
BR

11 junho 2020

Segundo secretário-geral, António Guterres, pandemia está acelerando mudanças, aumentando oportunidades, mas também desafios; Assembleia Geral realiza debate de alto nível sobre impacto das rápidas transformações tecnológicas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

O secretário-geral da ONU lançou, nesta quinta-feira, o Roteiro para Cooperação Digital. O objetivo é garantir que todas as pessoas estejam conectadas e respeitadas no espaço virtual. O documento é resultado de um esforço global sobre temas como internet, inteligência artificial e outras tecnologias digitais.

António Guterres disse que “para aproveitar plenamente os benefícios e conter possíveis danos, é preciso garantir que a era digital seja definida pelo aumento da cooperação internacional.”

Momento crítico

Segundo ele, o roteiro chega num momento crítico em que a pandemia de Covid-19 acelera a digitalização, mas ampliando oportunidades e desafios.

Guterres citou a pesquisa coletiva de vacinas, trabalho e educação a distância, comércio eletrônico e outros fatores dessa nova realidade. Mas ressaltou que existem também divisões digitais porque muitos não têm acesso à internet.

A União Internacional de Telecomunicações, UIT, afirma que quase metade da população global, 46,4%, ainda não está online. 

O chefe da ONU também cita preocupações como ataques cibernéticos, desinformação, privacidade e segurança na rede mundial.

Políticas

O novo Roteiro para Cooperação Digital lembra que a internet muda num ritmo mais rápido que as políticas nacionais e internacionais para o setor. Por isso, o documento recomenda ações concretas. 
O secretário-geral pede “a todos os Estados-membros e parceiros da indústria e da sociedade civil que expandam a colaboração em tecnologia digital.”

Segundo Guterres, somente cooperando será possível “conectar todas as pessoas até 2030, respeitar os direitos humanos on-line e proteger os mais vulneráveis dos perigos da era digital.”

Painel de Alto Nível

O Roteiro baseia-se nas recomendações do Painel de Alto Nível sobre Cooperação Digital e contribuições de Estados-membros, setor privado, sociedade civil, comunidade técnica e outros grupos.

Segundo a ONU, o grupo, presidido pelos empresários Melinda Gates e Jack Ma, representou “uma combinação sem precedentes de disciplinas e setores, além de diversidade geográfica, gênero e idade.”

Oito passos para melhor cooperação :

  • Atingir a conectividade universal até 2030, para que todos tenham acesso seguro e barato à internet;
  • Promoção de bens públicos digitais para desbloquear um mundo mais equitativo.
  • Garantir a inclusão digital para todos incluindo os grupos mais vulneráveis.
  • Fortalecer a capacitação digital, aumentando o desenvolvimento e treinamento em todo o mundo.
  • Garantir a proteção dos direitos humanos na era digital, tanto online quanto offline.
  • Apoiar a cooperação global em inteligência artificial, com uma abordagem baseada em direitos humanos e que promova a paz.
  • Fomentar a confiança e a segurança, criando um diálogo global para promover os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
  • Construir uma arquitetura mais eficaz para a cooperação digital, em que a governança seja uma prioridade e com base na postura das Nações Unidas.

Após a entrega do relatório, em junho de 2019, houve uma série de consultas com interessados.

Assembleia Geral

Ainda nesta quinta-feira, a Assembleia Geral realiza um  debate de alto-nível virtual sobre o impacto das rápidas transformações tecnológicas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O encontro tem a participação do secretário-geral, António Guterres, e do presidente da Casa, Tijjani Muhammad-Bande. 

Muhammad-Bande afirmou que “a responsabilidade da comunidade internacional é garantir que as rápidas mudanças tecnológicas, e os seus impactos econômicos, sociais e éticos são tidos em conta e com uma resposta apropriada.”

Da ONU, discursaram ainda o secretário-geral da Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, Mukhisa Kituyi, o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao, e o subsecretário-geral para Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, Liu Zhenmin.

A diretora-executiva da Aliança para a Internet Acessível, Sonia Jorge, e a fundadora da ONG All for Good, Kriti Sharma, discursaram pela sociedade civil. 

Assista ao vídeo completo do evento (em inglês):

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Governos devem liderar luta contra desinformação sobre Covid-19 

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, destaca iniciativas de vários países; na Guiné-Bissau, novo site reúne jornalistas, médicos e economistas para verificar fatos sobre pandemia no país e em todo o mundo.