Em Angola, campanha para prevenir Covid-19 quer chegar a 1 milhão de famílias rurais
BR

11 junho 2020

Parceria entre governo, FAO e OMS promove saúde e tenta limitar impacto de medidas preventivas na subsistência; iniciativa visa manter agricultura familiar e cadeias de suprimento de alimentos em operação em tempos de pandemia.

Angola promove uma campanha para fazer chegar informações sobre a prevenção da Covid-19 a cerca de 1 milhão de famílias rurais.

Entre as ações estão a promoção de uso de máscaras, o distanciamento social, iniciativas de sensibilização e fabricação de sabão de baixo custo em Escolas de Campo de Agricultores.

Risco

A parceria quer ajudar a reduzir os danos da pandemia e envolve o Ministério da Agricultura de Angola, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, e a Organização Mundial da Saúde, OMS.

Agricultores usam máscaras em sessão da Escola de Campo na província de Malanje, comunidade de Lombe em Angola
Agricultores usam máscaras em sessão da Escola de Campo de Agricultores da província de Malanje, comunidade de Lombe em Angola, FAO/Estevão Benedito

De acordo com a representante da FAO em Angola, Gherda Barreto, o novo coronavírus “está colocando vidas e meios de subsistência em risco”.

A meta é “alcançar as famílias de agricultores, não somente para proteger as comunidades mais vulneráveis a doença, mas também para manter a agricultura familiar e as cadeias de suprimento de alimentos ativas”.

Angola registrou pelo menos 96 casos de coronavírus e quatro mortes. Para conter o alastramento da pandemia, o governo angolano declarou o Estado de Emergência e medidas como encerramento das fronteiras e controle de circulação de pessoas no país.

Movimentos

Os organizadores da iniciativa consideram essencial manter a doença longe do campo, tanto pela saúde da população quanto para limitar o impacto sobre os meios de subsistência das restrições de movimentos e de outras medidas preventivas.

Em atividades da FAO para reforçar os meios de subsistência e a segurança alimentar, técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agrário de Angola ajudam a alcançar os agricultores em seus campos e aldeias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud