Dia Global dos Pais enfatiza  apoio pelo impacto de Covid-19 em famílias
BR

29 maio 2020

ONU menciona apoio de figuras parentais na segurança e no bem-estar em tempos de pandemia; celebração reconhece responsabilidade dos pais no cuidado e proteção dos filhos; data foi proclamada pela Assembleia Geral em 2012.

Celebra-se este 1º de junho o Dia Global dos Pais, enfatizando o papel que pais e mães têm na educação dos filhos.

A data proclamada pela ONU, em 2012, reconhece a responsabilidade deles pelo cuidado e pela proteção dos filhos para que ocorra um desenvolvimento pleno e harmonioso “em um ambiente familiar e em clima de felicidade, amor e compreensão”.

Relacionamento

 A celebração é vista como uma oportunidade para agradecer a todos os pais e mães pelo “compromisso altruísta com os filhos e seu sacrifício ao longo da vida para alimentar esse relacionamento”.

Membros de uma família olham das janelas de sua casa na vila de Dargué, região de Maradi, no Níger., by FAO/Fida/PMA/Luis Tato

 Em tempos de pandemia, a ONU realça que é preciso dar mais apoio aos pais e mães que trabalham no combate à Covid-19, porque a doença tem impacto sobre as famílias.  

A nota destaca a responsabilidade parental de “proteger famílias de danos, cuidar de crianças fora da escola e, ao mesmo tempo, continuar com suas responsabilidades laborais”. 

A organização destaca ainda que sem o apoio dessas figuras “a saúde, a educação e o bem-estar emocional das crianças estão em risco.”

Famílias

A ONU elogia  empresas e organizações por políticas e práticas voltadas para a família nesse contexto, porque estas estarão “em melhor posição para promover a segurança e o bem-estar dos filhos e fornecer apoio sistemático aos funcionários.”
 
Como a pandemia em crescimento, a organização também lembra que foram lançados orientações de agências, destacando como é essencial apoiar as famílias trabalhadoras para minimizar os impactos negativos da Covid-19 e consequências para as crianças.
 
A celebração anual do Dia Global dos Pais foi declarada pela Assembleia Geral em 2012. A medida teve origem em recomendações do Conselho Econômico e Social e da Comissão de Desenvolvimento Social em resolução sobre o papel da família no processo de desenvolvimento.
 
O órgão solicitou ao secretário-geral que aumentasse a consciência de líderes e do público sobre os problemas e as necessidades da família, bem como formas eficazes de atendê-las.
 

Acnur/Santiago Escobar-Jarami
Família de migrantes do estado de Vargas, na Venezuela, reconstruindo sua vida no Chile

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud