Nações Unidas lançam iniciativa global para combater desinformação sobre pandemia de Covid-19
BR

21 maio 2020

Usuários, em todo o mundo, podem se inscrever como “voluntários de informação” para receber material e distribuir a suas famílias, amigos e conhecidos; secretário-geral diz que comunidade internacional “não pode ceder os espaços virtuais a quem circula mentiras, medo e ódio.”
 

As Nações Unidas lançam, nesta quinta-feira, a iniciativa “Verified” ou “Verificado”, em português, para combater o que chama de “flagelo crescente da desinformação” sobre a pandemia de Covid-19.

Em nota, o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que o mundo “não pode ceder os espaços virtuais a quem circula mentiras, medo e ódio.”

Subsecretária-geral para a Comunicação Global das Nações Unidas, Melissa Fleming, Foto: Acnur/Jean-Marc Ferré

Campanha

Para ele, “a desinformação está se espalhando online, em aplicativos de mensagens e entre pessoas”. E os autores dessas desinformações “usam métodos sofisticados de produção e distribuição.”

Como resposta, Guterres diz que “cientistas e instituições como as Nações Unidas têm que chegar às pessoas com informações precisas nas quais elas possam confiar.”

A iniciativa é liderada pelo Departamento de Comunicação Global da ONU e fornecerá informações sobre três temas.

Primeiro, ciência para salvar vidas. Depois, solidariedade para promover a cooperação local e global, e, por fim, soluções para mobilizar apoio para as populações mais afetadas.

A campanha “Verified” também irá promover planos de recuperação que abordem a crise climática e proponham soluções para desafios como pobreza, desigualdade e fome.

Voluntários

A iniciativa convida pessoas em todo o mundo a se inscreverem como "voluntários de informação". Elas  deverão depois compartilhar o conteúdo para manter suas famílias e comunidades seguras e bem informadas.

Todos os dias, estes voluntários, descritos como “socorristas digitais”, receberão notícias para ser compartilhadas nas redes sociais, com mensagens simples que combatem diretamente informações erradas ou preenchem um vazio de informações.

A “Verified” também fará parceria com agências da ONU e equipes nacionais, influenciadores, sociedade civil, empresas e meios de comunicação social.

Perigos

A subsecretária-geral de Comunicação Global da ONU, Melissa Fleming, disse que “em muitos países, a desinformação nos canais digitais está impedindo a resposta da saúde pública e aumentando a inquietação.”

Segundo ela, “existem esforços perturbadores que exploram a crise para visar grupos minoritários.” A situação pode piorar à medida que a tensão aumenta com as consequências econômicas e sociais.

Melissa Fleming disse ainda que a iniciativa "atuará contra essa tendência oferecendo conteúdo esperançoso celebrando ações locais da humanidade, contribuições de refugiados e migrantes e defendendo a cooperação global."

Parceiros

A iniciativa é uma colaboração com a Purpose, uma das principais organizações de mobilização social do mundo, e tem o apoio da Fundação Ikea e Luminate.

A diretora de programas da Fundação Ikea, Patricia Atkinson, disse que “a pandemia de Covid-19 é uma crise de saúde global sem precedentes.”

Segundo Atkinson, o objetivo da parceria é “garantir que todos tenham acesso à ciência e aos conselhos de que precisam para manter sua família e entes queridos em segurança.”

Já o diretor da organização filantrópica Luminate, Nishant Lalwani, afirma que a crise destacou como “o acesso a informações precisas e confiáveis pode ser a diferença entre medo e resiliência, divisão e unidade e até entre vida e morte.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud