ONU celebra Dia da Convivência Pacífica com mensagem da Assembleia Geral
BR

16 maio 2020

Presidente do órgão, Tijjani Muhammad-Bande diz que mundo enfrenta pior crise desde a Segunda Guerra e reforçou pedido de cessar-fogo feito pelo secretário-geral António Guterres.

Neste 16 de maio, as Nações Unidas marcam o Dia Internacional da Convivência Pacífica. O objetivo é promover paz, tolerância, inclusão, entendimento e solidariedade ao redor do globo.

Em mensagem sobre a data, o presidente da Assembleia Geral ressaltou o compromisso com a cooperação internacional na resolução de desafios e na promoção e respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais.

Ameaça

Tijjani Muhammad-Bande lembrou que a pandemia de Covid-19 levou ao maior desafio enfrentado pela humanidade desde a Segunda Guerra Mundial.

Segundo ele, a crise global de saúde é também uma ameaça à segurança e à paz internacionais.

O chefe da Assembleia Geral reforçou o apelo do líder das Nações Unidas, António Guterres, sobre a urgência de um cessar-fogo imediato para derrotar também a pandemia. Ele contou que mais de 100 países e 200 organizações civis endossaram o apelo.

Mulheres e crianças

E finalizou pedindo aos países-membros da ONU que apoiem a iniciativa como um passo concreto para proteger mulheres e crianças, geralmente as mais afetadas por conflitos.

Para Muhammad-Bande é hora de agir para criar um futuro no qual todos possam viver em paz.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud