Unesco celebra Dia Internacional da Luz destacando impacto na vida e nas artes
BR

16 maio 2020

Em mensagem, diretora-geral da agência, Audrey Azoulay, afirma que a luz é vital para as ciências, cultura, educação e desenvolvimento sustentável.

Após o Ano Internacional da Luz, em 2015, a Unesco celebra neste 16 de maio o primeiro Dia Internacional da Luz.

A diretora-geral da agência afirma que dos raios gama às ondas do rádio, o espectro de luz fornece conhecimentos de longe e de perto, sobre temas que vão desde a origem do universo às tecnologias que hoje moldam a sociedade. 

Para Azoulay, a luz tem tido um impacto importante sobre as artes visuais, literatura e o pensamento humano. Foto: ONU/Manuel Elias

Pensamento 

Para Azoulay, a luz tem tido um impacto importante sobre as artes visuais, literatura e o pensamento humano.  Ela está presente ainda em áreas como agricultura, medicina, energia, ótica e proteção do patrimônio cultural. 

Estudar a conexão entre a luz e a cultura fornece informações valiosas sobre as interações entre ciências, artes e humanidades. Este estudo pode ainda inspirar a ciência entre os jovens além do empreendedorismo. 

Internet 

Por último, a chefe da Unesco lembra que a luz ajuda a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

O acesso à luz e à energia melhora a qualidade de vida nos países em desenvolvimento.  Já estruturas de fibra óptica conectam os cidadãos do mundo pela internet. 

E essas redes também ajudam a assegurar prestação de contas, paz, justiça e instituições jurídicas mais fortes.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud