Opas: covid-19 deverá piorar antes de melhorar nas Américas
BR

31 março 2020

Momento atual é marcado por transmissão em grupos nos países; diretora regional pede “liderança ousada e compassiva; 100 mil equipamentos de teste foram doados a países da América Latina e Caribe; representante defende maior solidariedade regional.

A pandemia da covid-19 nas Américas vai agravar antes de melhorar como foi observado em outras partes do mundo. Até segunda-feira, a região teve 163.068 casos confirmados e 2.836 mortos.

As declarações foram feitas a jornalistas, em Washington, pela diretora da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas. Para Carissa F. Etienne, a região enfrenta uma nova fase em que muitos países relatam a transmissão em grupos.

Desafios

De acordo com o diretor-assistente da Opas, o médico brasileiro Jarbas Barbosa, dos 29 países analisados, apenas dois financiam de forma adequada o atendimento.
Vice-diretor da OPAS, Jarbas Barbosa, disse que 100 equipamentos de teste chegaram aos países da América Latina e Caribe., by Vídeo Opas

Mas a também chefe regional da Organização Mundial da Saúde, OMS, apontou razões para se ter esperança. Entre elas está a conexão sem precedentes entre os países e o fato de haver algum tempo para agir com medidas orquestradas para retardar a propagação do vírus e reduzir o impacto nos sistemas de saúde. A terceira razão é que os desafios da pandemia estão sendo compartilhados.

A representante destacou que os países devem atuar juntos partilhando recursos, conhecimentos e tomando decisões que aceleram o acesso aos serviços de saúde, promovam a pesquisa e a inovação além de aumentar a capacidade de lidar com a crise.

Para a Opas, fazer testes de todos os casos suspeitos é importante para se interromper a propagação do vírus e se tomar as medidas recomendadas.

No evento, o vice-chefe do braço da OMS nas Américas, Jarbas Barbosa, disse que até agora a Opas já forneceu quase 100 mil equipamentos de testes para países da América Latina e Caribe.

Medidas

De acordo com a Opas, os países precisam decidir quais e como devem ser implementadas as medidas de distanciamento social. Isso inclui o cancelamento de reuniões em massa, fechamento de escolas, empresas e sobre o trabalho a distância.

Sem evidências sólidas sobre tratamentos eficazes e nenhuma vacina disponível, a Opas aponta o distanciamento social e outras medidas como a melhor aposta para evitar efeitos mais graves da pandemia nas Américas. A representante disse que o momento exige “liderança ousada e compassiva”.

De acordo com Etienne, o que acontecer nas próximas semanas dependerá muito dos esforços e ação conjunta dos países, “mesmo que fisicamente separados”. Ela disse que a solidariedade na região nunca teve um significado mais profundo do que hoje.

Duas mulheres em uma estação de metrô na Cidade do México
Duas mulheres em uma estação de metrô na Cidade do México durante a pandemia do novo coronavírus., by ONU Mexico/Alexis Aubin

Os apelos aos países é que trabalhem juntos, compartilhando recursos, conhecimentos e tomando decisões que acelerem o acesso aos serviços de saúde, promovam pesquisa e inovação e aumentem a capacidade de lidar com a covid-19.

Trocas

A solidariedade precisa ser combinada com a melhor ciência possível. Isso deve garantir que as ações sejam proporcionais à escala da pandemia. Ela disse que a ciência e a solidariedade permitirão controlar a disseminação da covid-19 nas Américas.

A diretora da Opas disse que o braço da OMS continuará facilitando trocas entre países, com base em evidências científicas que impulsionam a resposta global à doença e a solidariedade mostrada nos últimos 120 anos.

Nações Unidas entregando mais de 250 mil máscaras de proteção ao prefeito de Nova Iorque.
ONU/Eskinder Debebe
Nações Unidas entregando mais de 250 mil máscaras de proteção ao prefeito de Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud