Opas explica semelhanças e diferenças entre covid-19 e gripe sazonal
BR

30 março 2020

À medida que a pandemia de covid-19 continua evoluindo, muitas pessoas costumam comparar a enfermidade causada pelo novo coronavírus com a gripe sazonal; guia da Organização Pan-Americana da Saúde esclarece as dúvidas.

A Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, preparou um guia para esclarecer quais são as diferenças e semelhanças entre o novo coronavírus e a gripe sazonal ou influenza.

Segundo a agência, ambas causam doenças respiratórias, mas existem diferenças importantes entre os dois vírus e a forma como eles se propagam. Isso tem implicações importantes para as medidas de saúde pública que devem ser implementadas para responder a cada um dos patógenos. 

Quais são as semelhanças entre os vírus que causam a covid-19 e os que causam gripe?

O novo coronavírus e os vírus que causam gripe são semelhantes. Ambos causam doenças respiratórias, que podem ser assintomáticas ou leves, mas também podem evoluir para casos graves e morte. Além disso, ambos os vírus são transmitidos por meio de contato ou gotículas.

Como resultado, as mesmas medidas de saúde pública, como higiene das mãos e etiqueta respiratória, são ações importantes que todas as pessoas podem adotar para prevenir ambas as infecções.

Equipe médica em Hubei, China. OMS estima que 100 mil pessoas se recuperaram da doença no mundo, Lu Xiang

Qual a velocidade da transmissão do coronavírus e do vírus da gripe?

A velocidade de transmissão é uma diferença relevante entre os dois vírus. Na gripe, o tempo entre a infecção e o aparecimento dos sintomas, conhecido como período de incubação, é mais curto.

O tempo transcorrido entre casos sucessivos, designado intervalo serial, também é mais curto. Para o novo coronavírus, é estimado que seja entre cinco e seis dias. Para o vírus da gripe, é de três dias. Isso significa que a gripe pode se espalhar mais rapidamente que o covid-19.

Além disso, a transmissão nos primeiros três a cinco dias da doença ou a transmissão antes de apresentar sintomas é um dos principais fatores de transmissão da gripe.

Por outro lado, existem pessoas que podem transmitir o covid-19 entre 24 e 48 horas antes do início dos sintomas. Até o momento, no entanto, não parece ser o principal fator de transmissão.

O número de infecções secundárias geradas a partir de um indivíduo infectado é compreendido fica entre duas e duas e meia para covid-19, números superiores ao da gripe. No entanto, as estimativas dependem muito do contexto e do tempo, por isso comparações diretas são difíceis de fazer.

Como o covid-19 e a gripe afetam as crianças?

As crianças são importantes impulsores da transmissão do vírus da gripe na comunidade. Para o covid-19, os dados iniciais indicam que as crianças são menos afetadas que os adultos e que as taxas de ataque clínico na faixa etária de zero a 19 anos são baixas. Dados preliminares adicionais de estudos de transmissão domiciliar na China sugerem que as crianças são infectadas por adultos, não o contrário.

Quais são as diferenças dos sintomas do covid-19 e da gripe?

Embora os sintomas dos dois vírus sejam semelhantes, a porcentagem de pessoas com doença grave parece ser diferente. Para o novo coronavírus, os dados atuais sugerem que 80% das infecções são leves ou assintomáticas, 15% são graves e requerem oxigênio e 5% são críticas, exigindo ventilação. Essas porcentagens de infecções graves e críticas são mais altas que as da gripe.

Lavar as mãos faz parte das medidas de prevenção contra o covid-19, Unicef/Leonardo Fernandez

Quem está com maior risco?

As pessoas com maior risco de infecção grave pela gripe são crianças, mulheres grávidas, idosos e pessoas com condições médicas subjacentes e imunossuprimidas.

Já para o covid-19, a idade parece aumentar o risco de infecção grave.

A taxa de mortalidade é mais alta do que para gripe?

A mortalidade por covid-19 parece ser mais alta do que por gripe, especialmente a gripe sazonal. Embora ainda leve algum tempo para entender completamente a verdadeira mortalidade, os dados existentes sugerem que está entre 3% e 4%.

Para a gripe sazonal, a mortalidade está, geralmente, abaixo de 0,1%. No entanto, o índice de fatalidade é amplamente determinado pelo acesso e pela qualidade dos cuidados de saúde.

Que intervenções médicas estão disponíveis?

Embora existam vários ensaios clínicos em andamento na China e mais de 20 vacinas em desenvolvimento, atualmente não há remédio licenciado para o covid-19. No entanto, para a gripe, existem vários antivirais e vacinas disponíveis. Embora a vacina contra gripe não seja eficaz contra o vírus da covid-19, é altamente recomendável se vacinar todos os anos para prevenir a influenza.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

OMS confirma mais de 500 mil casos de covid-19 

Falta de equipamentos de proteção individual é maior ameaça global; OMS anuncia pesquisa de segurança e eficácia de quatro medicamentos ou combinações; primeira vacina contra o novo coronavírus poderá chegar nos próximos 18 meses.