Perspectiva Global Reportagens Humanas

Jack Ma doa materiais contra coronavírus a Moçambique; ONU apoia entrega nacional  BR

Estrada em Tete, Moçambique
OIM Mozambique/Ana Furukawa
Estrada em Tete, Moçambique

Jack Ma doa materiais contra coronavírus a Moçambique; ONU apoia entrega nacional 

Saúde

Fundador da companhia de comércio eletrônico entregou equipamento que inclui máscaras, kits de teste e fatos de proteção em Maputo; PMA e OMS apoiam governo na entrega de material; país confirmou primeiro caso há quase uma seman; Brasil também deverá receber a doação.

Moçambique recebeu um carregamento de suprimentos doados pelo fundador da companhia chinesa de comércio eletrônico Alibaba, Jack Ma. 

A doação é parte dos equipamentos de proteção e kits de teste que estão sendo distribuídos em todo o continente africano pela fundação do também copresidente do Painel de Alto Nível das Nações Unidas sobre Cooperação Digital.

Um dos tipos de máscaras recomendado a pessoas que tenham contraído o novo coronavirus.
Um dos tipos de máscaras recomendado a pessoas que tenham contraído o novo coronavirus., by Unsplash/Agência de Fotos do Macau

Proteção

Foi no Aeroporto Internacional de Maputo que representantes do governo e das Nações Unidas receberam as cerca de 100 mil máscaras, 20 mil kits de teste, 1 milhão de fatos de proteção e outro material para ajudar a combater o coronavírus. 

A organização deverá participar na distribuição destes equipamentos no país através do Programa Mundial de Alimentação, PMA, a Organização Mundial da Saúde, OMS, e seus parceiros. 

Em Moçambique já foram confirmados sete casos do novo coronavírus. O primeiro foi confirmado há uma semana. Na região Africana, já há 2.234 casos confirmados de covid-19 em 41 países. Pelo menos 73 pessoas recuperaram da doença e 39 morreram.

Necessidade 

A OMS também deverá apoiar o Ministério da Saúde em ações para fazer chegar de forma equilibrada o material aos locais onde haja maior necessidade.

Na semana passada, o Zimbábue e a Etiópia receberam suprimentos do filantropo Jack Ma, que já destacou que “o mundo não pode suportar as consequências desastrosas de uma epidemia de covid-19 na África”.  

O Brasil também deverá receber a doação como parte de 24 países beneficiários da oferta da Fundação Jack Ma da América Latina. No grupo de nações estão Argentina Chile, Cuba, Equador, República Dominicana e Peru. No total a região terá 2 milhões de máscaras, 400 mil kits de teste e 104 ventiladores.