Com 333 mil casos confirmados, “disseminação do coronavírus está acelerando”
BR

23 março 2020

OMS defende medidas defensivas associadas a “táticas agressivas e direcionadas”; últimos 100 mil casos ocorreram em quatro dias; Fifa inclui atleta brasileiro Alisson Becker em campanha com astros de futebol contra a doença.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, destaca que “a disseminação do coronavírus está acelerando”. Pelo menos 332.935  casos já foram registrados em 187 países.

Foram necessários 67 dias desde o primeiro caso para se chegar a 100 mil notificações de covid-19. Mas em apenas 11 dias, se ultrapassou a marca de 200 mil, e em apenas quatro dias, os números pularam de 200 para 300 mil.

 

 

 

 

Trajetória

De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, o mundo ainda pode mudar a trajetória da pandemia para não se tornar “prisioneiro das estatísticas” nem “espectador impotente” da situação.

Nesse sentido, o chefe da OMS pediu um compromisso político global e apelou os países a tomarem medidas defensivas e de ataque.

Já em Nova Iorque, o secretário-geral da ONU pediu um cessar-fogo global. Assista ao vídeo:

 

Em Genebra, Tedros destacou que medidas de distanciamento social como pedir que as pessoas fiquem em casa são essenciais para retardar a propagação do vírus e ganhar tempo. Mas observou que estas são apenas medidas defensivas.

Para vencer o covid-19, o chefe da OMS apelou a um ataque com “táticas agressivas e direcionadas”. Entre elas testar todos os casos suspeitos, fazer o isolamento e cuidado de todas as pessoas confirmadas e rastrear e levar à quarentena todos os contatos próximos dos pacientes.

Leia a entrevista do médico brasileiro, José Bertolote, sobre a urgência da conscientização contra a pandemia.

Iniciativa 

A China continua sendo o país com o maior número de infecções confirmadas com 81.601. A seguir estão Itália com 59.138, Estados Unidos com 31.573, Espanha com 28.572 e Alemanha com 24.774 (dados de 23 de março).

Na coletiva desta segunda-feira, o chefe da OMS lançou a iniciativa “Passe a mensagem para expulsar o coronavírus”, juntamente com o presidente da Federação Internacional de Futebol, Fifa, Gianni Infantino.

Estrelas

O goleiro da Seleção Brasileira de futebol, Alisson Becker, está entre 28 estrelas que protagonizarão a iniciativa em vídeo difundida em 13 idiomas, incluindo o astro da Seleção Argentina, Lionel Messi, eleito melhor jogador do mundo.

A iniciativa promove cinco etapas principais para proteger a saúde do covid-19 de acordo com as orientações da OMS: lavar as mãos, a etiqueta da tosse, não tocar no rosto, distanciamento físico e ficar em cas em caso de mal-estar.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud