Guterres saúda criação de governo de transição no Sudão do Sul
BR

22 fevereiro 2020

Chefe da ONU elogiou partes envolvidas por "conquistas significativas" e disse que Nações Unidas estão prontas para ajudar na implementação do acordo de paz; enviado especial do secretário-geral no país destacou que este é "um novo capítulo na história do Sudão do Sul".

Em nota emitida pelo seu porta-voz, o secretário-geral saudou a criação do Governo de Transição de Unidade Nacional no Sudão do Sul, TGoNU, na sigla em inglês. 

António Guterres elogiou as partes envolvidas pelas “conquistas significativas na implementação do Acordo Revitalizado sobre a Resolução de Conflitos” no país.

Cerimônia

De acordo com agências de notícias, o ex-líder rebelde, Riek Machar, foi empossado como primeiro vice-presidente, selando um acordo de paz que visa acabar com seis anos de guerra civil. O presidente Salva Kiir testemunhou o momento em uma cerimônia que aconteceu neste sábado, 22 de fevereiro, na capital, Juba.

A cerimônia ocorreu pouco antes do prazo final do acordo de paz.

Esforços

O chefe da ONU enalteceu os esforços regionais e internacionais que contribuíram para esse resultado. Ele convidou os membros do TGoNU a aderirem plenamente ao acordo, para que o povo do Sudão do Sul possa finalmente alcançar “os benefícios da paz e estabilidade duráveis que eles merecem.”

Guterres enfatizou que as Nações Unidas estão prontas, em estreita coordenação com a Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento e a União Africana, para ajudar as partes envolvidas na implementação do acordo.

Coragem

O enviado especial do secretário-geral no país, David Shearer, disse que este é "um novo capítulo na história do Sudão do Sul". Ele destacou que “muitas vezes a coragem na paz é maior que a coragem na guerra”. 

Shearer, que também é chefe da Missão da ONU no Sudão do Sul, Unmiss, acredita que com a assinatura e a formação do governo de transição, pessoas que fugiram por causa do conflito no país retornarão “para suas casas, recuperando suas vidas". 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud