Todos os anos, US$ 1 trilhão é pago em subornos no mundo 
BR

9 dezembro 2019

Esta segunda-feira, 9 de dezembro, marca o Dia Internacional contra a Corrupção; secretário-geral da ONU disse que as pessoas têm razão de ficarem com raiva com este problema, que desvia fundos necessários para escolas e hospitais.  

Todos os anos, US$ 1 trilhão é pago em subornos e cerca de US$ 2,6 trilhões são roubados devido à corrupção, um valor que corresponde a mais de 5% do Produto Interno Bruto, PIB, global 

Esta segunda-feira, 9 de dezembro, marca o Dia Internacional contra a Corrupção.  O secretário-geral, António Guterres, disse que “as pessoas têm razão em ficarem com raiva” com este problema. 

Desvio 

Na sua conta oficial no Twitter, o chefe das Nações Unidas disse que esse delito “desvia muitos recursos necessários de escolas, hospitais e infraestrutura.” Segundo ele, o dia internacional “destaca a necessidade de união para interromper os fluxos financeiros ilícitos que drenam esses fundos.” 

Já o presidente da Assembleia Geral, Tijjani Muhammad-Bande, afirmou que “nenhum país está imune à corrupção e combate-la é um sério desafio global.” 

Ele disse que o crime desvia recursos necessários para erradicar a pobreza e construir sistemas de ensino de qualidade. Para Tijjani Muhammad-Bande, a educação é fundamental para “promover atitudes que não toleram corrupção.” 

Efeitos 

O diretor executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, também publicou uma mensagem sobre o dia. Yury Fedotov disse que é preciso combater este problema “para cumprir a promessa de não deixar ninguém para trás.” 

Segundo ele, "a corrupção afeta as pessoas no seu dia a dia", impedindo o acesso a recursos e oportunidades, diminuindo a confiança nas instituições públicas.” 

Para o chefe do Unodc, "a corrupção prejudica as tentativas de construir um mundo melhor." 

De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, os países em desenvolvimento perdem 10 vezes mais fundos em corrupção do que todo o dinheiro investido em assistência ao desenvolvimento.  

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

África quer controlar fluxos financeiros ilícitos.

Avanço de África continua prejudicado por fluxos financeiros ilícitos

Continente perde US$ 100 bilhões por ano em fundos gerados, transferidos ou usados ​​ilegalmente; representantes de Planeamento e Finanças encerram Diálogo de Alto Nível sobre Políticas de Desenvolvimento esta quinta-feira no Cairo.