Em Dia Internacional, ONU destaca setor responsável pelo transporte de 4 bilhões de passageiros 
BR

7 dezembro 2019

Este ano Organização Internacional de Aviação Civil comemora 75º aniversário; setor gera 65,5 milhões de empregos e US$ 2,7 trilhões em atividade econômica global. 

O Dia Internacional da Aviação Civil, marcado em 7 de dezembro, busca reforçar a conscientização mundial sobre a importância da aviação civil internacional para o desenvolvimento social e econômico dos Estados.  

A data também chama atenção para o papel da Organização Internacional de Aviação Civil, Icao, em ajudar as nações a desenvolver uma rede de trânsito verdadeiramente rápida, que esteja ao serviço de toda a humanidade. 

75 anos 

Este ano, a Icao comemora o 75º aniversário de sua criação pela Convenção sobre Aviação Civil Internacional, assinada em 1944. Como parte das celebrações, serão realizados diversos eventos, incluindo exposições e demonstrações aéreas.  

Atualmente, a rede de Aviação Civil Internacional transporta mais de quatro bilhões de passageiros e 56 milhões de toneladas de cargas de alto valor anualmente. O setor gera 65,5 milhões de empregos e US$ 2,7 trilhões em atividade econômica.  

Mais de 10 milhões de mulheres e homens trabalham no setor para garantir que 120 mil voos e 12 milhões de passageiros por dia sejam transportados com segurança.  

Empregos 

Mais de 10 milhões de mulheres e homens trabalham no setor para garantir que 120 mil voos e 12 milhões de passageiros por dia sejam transportados com segurança.  

De acordo com pesquisa do Grupo de Ação de Transporte Aéreo, pelo menos 65,5 milhões de empregos e 3,6% da atividade econômica global são apoiados pela indústria da aviação.  

Tema 

O tema da data este ano é “75 anos conectando o mundo”. 

O presidente do conselho da Icao, Olumuyiwa Benard Aliu, e o secretário-geral da Icao, Fang Liu, destacaram que a inovação será fundamental para a maneira como a aviação aborda algumas de suas prioridades no presente e no futuro.  

Desafios 

Esses desafios incluem o acompanhamento do crescimento do tráfego e gerenciamento de cada vez mais aeronaves num espaço aéreo operacional que é limitado. A previsão é de que o número de passageiros e voos dobre na próxima década. 

Isso significa que serão necessários milhares de novos profissionais, com investimentos em educação e treinamento. Também significa que um número muito maior de mulheres precisará fazer parte da força de trabalho.  

Fora isso, o aumento de tráfico aéreo também gera preocupação com emissões de gases de efeito estufa.   

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud