Cabo Verde diz que Dia Mundial da Língua Portuguesa ajuda a projetar a língua BR

Francisco Ribeiro Telles, secretário executivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Cplp.
Cplp
Francisco Ribeiro Telles, secretário executivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Cplp.

Cabo Verde diz que Dia Mundial da Língua Portuguesa ajuda a projetar a língua

Assuntos da ONU

País ocupa presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp; Unesco oficializou 5 de maio como Dia Mundial do idioma, na segunda-feira.

Cabo Verde juntou-se às celebrações em todo o mundo pela oficialização do Dia Mundial da Língua Portuguesa, em 5 de maio.  

A comemoração anual e, agora global, foi ratificada na segunda-feira em Paris pelo Conselho Executivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco.

Portugal defende que Guiné-Bissau é elemento muito importante da Comunidade dos Países Língua Portuguesa.
Em 2009, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, instituiu o 5 de maio como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Cplp. Foto: ONU News/Alexandre Soares

Reconhecimento

Na qualidade de presidente da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, Cabo Verde disse num comunicado que a medida é “mais um importante marco no processo de afirmação e reconhecimento da língua portuguesa no plano global”.

Para o país africano, o Dia Mundial realça a importância da “atuação diplomática concertada” dos Estados-membros do bloco lusófono, seus observadores associados, entidades da sociedade civil, autores, e produtores de cultura.

Expansão

Falando à ONU News momentos depois do anúncio, o secretário-executivo da Cplp, embaixador Francisco Ribeiro Telles disse que o português, falado por cerca de 280 milhões de pessoas, é uma língua em crescente expansão pelos quatro continentes.

A Cplp acredita que a decisão da Unesco traz a expectativa de que o idioma “seja uma língua, cada vez mais, relevante no contexto global e cada vez mais importante à escala mundial.”

Ao proclamar o Dia Mundial da Língua Portuguesa, a Unesco afirma que é preciso “implementar uma cooperação mais ampla entre os povos por meio do multilateralismo, aproximação cultural e diálogo entre civilizações como está estipulado nos estatutos” da agência.