Crianças assumem controle da Assembleia Geral da ONU por um dia
BR

21 novembro 2019

Evento de alto nível marcou Dia Universal da Criança e adoção da Convenção dos Direitos da Criança; Unicef quer que investimento em todas as crianças seja feito com palavras e ações.

Crianças de várias partes do muno assumiram o controle por um dia da sala da Assembleia Geral das Nações Unidas. Numa reunião de alto nível, elas pediram mudanças e a promoção dos direitos do grupo.

Em Nova Iorque, centenas de participantes-mirins dirigiram os trabalhos com  manifestações culturais e apresentações multimídia acompanhados por jovens e celebridades.

Embaixadores

Entre os convidados ao evento estiveram a atriz britânica Millie Bobby Brown e o ex-capitão da seleção inglesa de futebol, David Beckham. Ambos são embaixadores do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

Ex-capitão da seleção inglesa de futebol, David Beckham participou no evento de alto nível. Foto: ONU/Manuel Elias

No evento, a diretora executiva do Unicef disse que o melhor caminho para um mundo melhor e mais sustentável é o investimento em todas as crianças hoje. Henrietta Fore pediu que os direitos infantis sejam protegidos com palavras e ações.

Por um dia, o posto dela foi tomado pelo pequeno Vladymyr. O jovem ucraniano vive com deficiência auditiva e disse querer que seu discurso ouvido pelo mundo inteiro.

Ativistas

Discursando na reunião, a vice-secretária-geral Amina Mohammed disse que várias crianças ativistas estão entre os líderes mais importantes da atualidade.

A representante indicou que estas alertam às gerações mais velhas sobre a ação necessária em questões como crise climática, desigualdade de gênero, direitos humanos e sustentabilidade na economia, no planeta e em seus habitantes.

Para a vice-chefe da ONU,  o futuro pertence às crianças mas muitas delas  enfrentam o risco de vivê-lo de forma sombria se não houver ação imediata.

Transformação

Na sessão que marcou os 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança, Amina Mohammed, disse que as próximas três décadas serão de desafios em áreas como as tecnologias que têm vindo a transformar o mundo.

O presidente da Assembleia Geral, Tijjani Muhammad-Bande, afirmou que milhões de crianças enfrentam obstáculos para realizar seus direitos em necessidades  básicas incluindo saúde, educação e proteção contra a violência.

Ele pediu atenção especial para questões como alcançar a fome zero, a nutrição para todos além de acabar com a obesidade infantil. Uma grande preocupação é o fim do nanismo que afeta um quinto das crianças do mundo.

Para a juventude, Muhammad-Bande disse haver uma crise de aprendizado e a necessidade de promover maior igualdade de acesso à educação de qualidade em todos os lugares. O presidente da Assembleia Geral considerou escandaloso que cerca de 265 milhões de crianças estejam fora da escola.

Unicef/Mahmood Fadhel
Criança sorri recebendo vácina contra o sarampo e rubéola no Iêmen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Convenção Sobre os Direitos da Criança faz 30 anos

Documento é o tratado de direitos humanos mais ratificado da história; secretário-geral pediu que promessas feitas há três décadas sejam cumpridas; Dia Mundial da Criança também é celebrado a 20 de novembro.